A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/08/2011 19:02

Polícia apreende 14 caça-níqueis em fundos de lava-jato no Taquarussu

Paula Maciulevicius

Em duas semanas, local somou mais de R$ 10 mil em apostas

A Deops (Delegacia especializada de Ordem Política e Social) apreendeu nesta tarde 14 máquinas caça-níqueis nos fundos de um lava-jato, na rua Engenheiro Roberto Mange, no bairro Taquarussu, em Campo Grande.

Através de uma denúncia anônima, a Polícia chegou ao local que funcionava há duas semanas. Neste período, a gerente de 33 anos, já reincidente, revelou ter somado mais de R$ 10 mil em apostas.

No momento da operação da Polícia, além da gerente, um apostador de 47 anos, que jogos naquela hora, foi encaminhado à delegacia para assinar TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e prestar informações.

O local funcionava em duas salas, com ar-condicionado e segundo a Polícia, bem “disfarçadas”. Na frente, o responsável pelo lava-jato negou que soubesse das apostas e disse que se quer entrava lá dentro.

A Polícia verificou que os caça-níqueis funcionavam independentes do comércio da frente.

A Perícia da Polícia Civil compareceu ao local para arrombar o maquinário. Dentro foram localizados apenas R$ 35. O restante do dinheiro teria sido tirado logo após o almoço. “Nós agimos no meio da tarde para evitar que outras pessoas perdessem dinheiro”, explica o delegado Silvano Rodrigues Mota, sobre o horário da abordagem.

“Eles sempre recolhem o dinheiro, assim que termina um jogo, para ficar só o de quem está jogando”, acrescenta.

A gerente que já tem passagens pela Polícia pela contravenção e o apostador, vão responder em liberdade por exploração de jogos de azar. Depois de assinado o TCO, eles se comprometem de ir à delegacia ou à Justiça quando forem intimados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions