A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/04/2014 10:35

Polícia chega a jovem e garotos suspeitos de 4 roubos pelo Facebook

Edivaldo Bitencourt e Viviane Oliveira
Joel se exibe com dinheiro obtido com roubo e arma no Facebook (Foto: reprodução/Facebook)Joel se exibe com dinheiro obtido com roubo e arma no Facebook (Foto: reprodução/Facebook)

Dois adolescentes de 16 anos e um jovem de 18 anos roubavam veículos para uma quadrilha especializada em levá-los ao Paraguai e tinham o objetivo de ganhar “dinheiro fácil”. Eles foram descobertos a partir da exibição de fotos com arma e dinheiro obtido pelos assaltos no Facebook.

A Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) apreendeu um dos adolescentes, que foi ouvido e liberado, enquanto que o comparda dele, também menor, ainda não foi localizado. O estudante da 8ª série do ensino fundamental Joel William Reis da Silva Cruz, 18, está delegacia para ser ouvido. Eles admitiram o roubo de três veículos, mas que acabaram sendo abandonados porque não conseguiram localizar o arrastador, que pagava R$ 1 mil por cada carro levado até o Paraguai.

A última vítima dos jovens foi a esposa de um soldado da Polícia Militar. Na quinta-feira passada, os dois bandidos a abordaram na Avenida das Bandeiras, na esquina com a Rua do Touro, no Bairro Marcos Roberto. A mulher estava com os três filhos, sendo um casal de gêmeos e um de seis, quando foi abordada pelo grupo.

Armado, eles mandaram a mulher entregar o veículo Fiesta prata com tudo que estava no veículo. Segundo o soldado, ela só pediu para retirar os filhos. Sob terror do grupo e com a arma apontada para a sua cabeça, a mulher retirou os três meninos do veículo.

O carro foi localizado ontem na Rua Charlote, no Bairro Aero Rancho, na saída para Sidrolândia. Segundo o policial, os três negam ter roubado o veículo. No entanto, a mulher reconheceu Joel.

A mídia social foi uma das pistas da Polícia para chegar aos adolescentes. Em uma fotografia, Joel se orgulha de estar armado com um revólver 38 e cerca de R$ 2 mil roubados de uma das vítimas, a dona de um Fox prata, que foi subtraído ppróximo do Terminal Morenão. Em uma foto, ele tomava cerveja com o carro roubado estacionado atrás.

Joel admitiu três assaltos, mas negou ter roubado carro de mulher de policial (Foto: Marcelo Victor)Joel admitiu três assaltos, mas negou ter roubado carro de mulher de policial (Foto: Marcelo Victor)

Segundo Joel, ele e os dois “amigos” roubaram um Meriva preto na Avenida Ernesto Geisel, o Fox e um Gol preto na Rua Japão. Os três carros foram abandonados porque o responsável em pagar os R$ 1 mil por veículo e levá-los até o Paraguai não atendeu as ligações.

A mãe de Joel, a diarista Cristiane Reis da Silva, 37, contou que o chão se abriu ao tomar conhecimento do envolvimento do filho com o crime. Ela contou que sempre o ensinou a andar de acordo com a lei e nunca o incentivou a trilhar os caminhos errados.

Com problemas de saúde, ela contou que está bastante chocada com a prisão do filho e a sua confissão. Ele admitiu que fez os assaltos em busca de dinheiro fácil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions