A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

21/07/2017 11:38

Polícia encontra projétil no crânio de ossada desovada próximo a balneário

Restos mortais continuam sem identificação, diz delegado

Guilherme Henri
Perícia no local em que ossada foi encontrada na tarde de quinta-feira (20) (Foto: Lucas Junot)Perícia no local em que ossada foi encontrada na tarde de quinta-feira (20) (Foto: Lucas Junot)

A Polícia Civil encontrou uma projétil no crânio da ossada encontrada ontem (20), em meio a mata fechada, às margens da estrada vicinal que dá acesso ao balneário Atlântico, na saída para Três Lagoas, em Campo Grande.

Conforme o registro da ocorrência, a polícia suspeita de que os restos mortais sejam de Mauro Éder, o “Fininho”, cujo desaparecimento já era investigado.

Porém, de acordo com o delegado titular da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios), foram solicitados exames ao IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) que devem confirmar ou não a suspeita.

O delegado não revelou mais detalhes para não atrapalhar as investigações.


Ossada - Segundo a perícia, a suspeita é que o corpo foi “desovado” no local cerca de 30 dias. O homem estava de calça jeans, tênis, camiseta preta, jaqueta e boné.

No entorno do corpo os investigadores ainda encontraram vários dentes desprendidos da arcada dentária da vítima. “Dez pessoas já foram presas nessa investigação suspeitas de envolvimento nesse desaparecimento até a localização desse cadáver”, acrescentou o delegado Marcio Obara.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions