A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/01/2012 10:55

Polícia investiga se mulher que morreu queimada ateou fogo ao próprio corpo

Francisco Júnior

Mulher foi encontrada em matagal no Jardim Aeroporto

Local onde idosa foi encontrada. (Foto:João Garrigó)Local onde idosa foi encontrada. (Foto:João Garrigó)

A Polícia Civil investiga se Dolores de Souza Pinati, de 62 anos, que morreu vítima de queimaduras na última segunda-feira (2), em Campo Grande, ateou fogo ao próprio corpo. De acordo com o delgado responsável pelo caso, as investigações apontam para essa hipótese.

“Nos depoimentos que já ouvimos ninguém fala ter visto a mulher acompanhada de dois rapazes”, afirmou Natanael Costa Balduíno, delegado titular do 7º Distrito Policial.

A idosa foi encontrada em um matagal na rua José Barbosa Rodrigues, no Jardim Aeroporto. Ela teve 90% do corpo queimado, chegou ser socorrida para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois. Quando foi socorrida, a vítima chegou a dizer aos bombeiros que dois homens haviam ateado fogo no corpo dela.

No dia do incidente, a reportagem do Campo Grande News conversou com alguns vizinhos da idosa. Eles relataram que Dolores sofria de depressão e suspeitavam que, em decorrência da doença, ela possa ter provocado o incêndio.

O delegado disse que vai ouvir na semana que vem os policiais e bombeiros que atenderam a ocorrência. “Estamos apurando todas as informações, mas não tem indicio de que foi um homicídio”, disse.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions