ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 16º

Capital

Polícia prende pela segunda vez acusado de matar jovem com mais de 5 tiros

Por Viviane Oliveira | 23/08/2011 17:31

Ele já havia sido preso, mas o juiz da 1ª Vara mandou soltar porque não tinha provas suficientes

A Polícia prendeu por volta das 16 horas desta terça-feira (23) Douglas Silva Fonseca, 20 anos, conhecido como macaco, ele é um dos suspeitos de ter matado Lenonn Medeiros Campos, 19 anos, com mais de cinco tiros no dia 16 de julho em frente a um bar na rua Catanduva, no bairro Estrela do Sul, em Campo Grande.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 2ª vara do Tribunal do Júri. De acordo com a Polícia Civil, o exame de confronto balístico confirmou que os projéteis encontrado no local do crime sairam do revólver calibre 38 que estava em posse do acusado. Ainda conforme a Polícia, Douglas nega que matou a vítima.

No dia 22 de julho ele foi preso, mas o juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri entendeu que não havia provas suficientes para decretar a prisão, já que nenhuma testemunha afirmou ter visto Douglas disparando a arma.

Antes de morrer Lenonn disse a uma pessoa que Douglas era o autor dos disparos. O acusado tem passagem por receptação, quando chegou a ser detido por cerca de duas semanas em abril. Um segundo envolvido na morte, que não teve o nome divulgado é foragido da Colônia Penal e ainda não foi localizado pela Polícia.

Nos siga no Google Notícias