A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

31/07/2014 18:22

Polícia suspeita de ajuda e participação de morador em pichação de prédio

Filipe Prado
Pichador foi ajudado por morador do prédio, suspeita a polícia (Foto: Marcos Ermínio)Pichador foi ajudado por morador do prédio, suspeita a polícia (Foto: Marcos Ermínio)

Nas três hipóteses levantadas pela Decat (Delegacia Especializada de Repreensão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista) um morador do edifício Condomínio Garden San Francisco, pichado no topo, acima do 18º andar.

A primeira hipótese levantada, admitiu o delegado titular da Decat, Antônio Silvano Mota, um morador do condomínio realizou as pichações. Ele também admitiu que o morador pode ter facilitado a entrada do pichador no prédio. “Ou podem ser as duas hipóteses juntas. O morador facilitou a entrada e ainda ajudou a pichar”, argumentou.

O boletim de ocorrência foi registrado ontem, na 2ª DP (Delegacia de Polícia), mas repassado para Decat. Conforme o delegado, caso o acusado seja capturado ele terá que arcar com as despesas da pintura. “O juiz também pode aplicar uma multa, caso ache necessário”, explicou.

Normalmente, de acordo com o delegado, os pichadores são jovens e adolescentes, e caso o acusado seja menor de idade, o pai ou o responsável pagará pelos danos.

O delegado fará a análise das imagens do sistema interno de monitoramento, que já estão sendo levantadas pelo condomínio. Todos os moradores serão ouvidos.

Pichação – No Bairro São Francisco o número de pichações está cada vez maior. Mota assumiu que muitas pichações do bairro não são recentes e os moradores acabam não registrando as ocorrências. “É interessante fazer o registro para auxiliar na identificação do autor”, ressaltou o delegado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions