ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 34º

Capital

Policial bêbado que atropelou enfermeira é preso, sem chance de fiança

Testemunhas contaram que ele ainda teria atirado para o alto, mas polícia não comprovou informações

Ana Oshiro | 24/09/2022 13:29
Policial estava bêbado e na contramão quando atingiu enfermeira (Foto: Henrique Kawaminami)
Policial estava bêbado e na contramão quando atingiu enfermeira (Foto: Henrique Kawaminami)

Foi confirmada, no início da tarde deste sábado (24), a prisão em flagrante do investigador da Polícia Civil, identificado como Cláudio de Oliveira Soares, de 49 anos, responsável por atropelar a enfermeira Eliziely da Silva Bicalho, de 29 anos, por volta de 6h50. Ele atua na 1ª Delegacia de Polícia Civil da Capital.

O acidente aconteceu na Rua Pintassilgo com a Rua Xororó, no Bairro Morada Verde, em Campo Grande, quando o policial tentou ultrapassar um veículo branco e colidiu com a enfermeira, que pilotava uma Yamaha Ybr 125. Imagens de câmera de segurança mostraram o momento da colisão, veja abaixo. De acordo com testemunhas, o policial estava com sinais visíveis de embriaguez e chegou a atirar para o alto quando foi questionado sobre a colisão.

De acordo com o boletim de ocorrência, Claúdio chegou a confessar que havia ingerido bebida alcoólica, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro, então a Polícia Militar realizou o termo de constatação de alteração da capacidade psicomotora devido aos sinais de embriaguez, como fala enrolada, olhos vermelhos, odor etílico e dificuldade de equilíbrio.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a perícia esteve no local e não identificou estojos de munições, não comprovando os disparos que foram informados pelas testemunhas. O caso foi registrado como embriaguez ao volante e lesão corporal.

O policial está preso na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, sem possibilidade de fiança e aguarda audiência de custódia, que deve ser realizada neste domingo. Eliziely segue internada na Santa Casa de Campo Grande, em estado grave. A moto de Eliziely estava com licenciamento vencido e foi removida para o pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul).

Preso em flagrante, policial não tem direito a fiança (Foto: Henrique Kawaminami)
Preso em flagrante, policial não tem direito a fiança (Foto: Henrique Kawaminami)

*Matéria atualizada às 14h para acréscimo de informações

Nos siga no Google Notícias