ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Porto Seco terá nova licitação para que obra termine após sete anos

Por Aline dos Santos | 27/12/2014 08:05

Uma nova licitação, com estimativa de teto de R$ 3 milhões, será lançada para concluir o terminal intermodal, também chamado de Porto Seco, em Campo Grande. Segundo o titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura. Transporte e Habitação), Valtemir Brito, o edital vai ser publicado em janeiro. “Para que se inicie o mais tardar em fevereiro ou março”, diz.

Iniciada em 2007 e com duas paralisações no currículo, a obra era executada pela CGR Engenharia. “Ela entrou em recuperação judicial, sem condições de continuar. Cancelamos o contrato”, afirma o secretário.

O cálculo da prefeitura é que a obra consuma pouco mais de R$ 2 milhões, sendo o restante para reparar estragos, como em parte da calçada e alambrado. “Acabou depredado também”, diz Brito.

Nesta semana, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) autorizou que a conclusão do Porto Seco fosse ampliada em 300 dias. O prazo passou de 6 de dezembro de 2014 para 2 de outubro de 2015.

O Porto Seco começou a ser construído em setembro de 2007. No ano seguinte, o TCU (Tribunal de Contas da União) determinou a suspensão dos trabalhos por problema de execução. Após dez meses parada, a obra foi retomada em outubro de 2009, tendo nova suspensão em 2012. O projeto já recebeu investimentos de R$ 17 milhões.

O empreendimento fica localizado às margens do anel rodoviário de Campo Grande, no trecho entre a BR-163, saída para São Paulo, e a BR-060, saída para Sidrolândia.

A intenção é transformar a cidade em um entreposto, facilitando o escoamento dos produtos para os mercados externos, principalmente países como Argentina, Paraguai, Chile, Bolívia e Venezuela.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário