A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/12/2015 07:00

Pousada Vovô Emílio completa 1 ano com inclusão do serviço centro dia

Informe Publicitário
Vovós no dia da beleza.Foto: Wagner TakamoriVovós no dia da beleza.Foto: Wagner Takamori
Sr. Emílio Takamori, filho de Wagner, a pousado foi feita em homenagem a ele. Foto: Wagner TakamoriSr. Emílio Takamori, filho de Wagner, a pousado foi feita em homenagem a ele. Foto: Wagner Takamori

Ao entrar na Pousada do Vovô Emílio, a impressão é de estar em uma grande casa familiar. A sala é confortável, com uma televisão no centro e ao lado uma árvore de Natal. Tudo foi planejado pelo proprietário e fotógrafo Wagner Takamori, para deixar o ambiente tranquilo e seguro para os 12 idosos que residem atualmente no local.

A Pousada foi aberta há cerca de um ano, após Wagner perceber a falta de casas de repouso adequadas para idosos. O pai, Emílio, sofria com as sequelas da hidrocefalia, e o filho para encontrar um local que o cuidasse da forma adequada. “Desde então, a pousada cresceu bastante. No início era só meu pai e mais um hóspede. Agora temos capacidade para 18 pessoas, já que estou transformando mais um cômodo em quarto”, afirma Wagner.

A maioria dos quartos é com três camas. Algumas são reservadas, mas depende do paciente. Uma exigência do proprietário é pela higiene impecável e conforto dos idosos, que contam com um ventilador e ar condicionado em todos os dormitórios. “Aqui não se parece com as pousadas geriátricas que nós encontramos em outros locais. Eu prezo muito pelo cheiro agradável, nada que lembre remédios ou urina. É um ambiente de casa mesmo, como se fosse uma casa de vovô”, ressalta.

Festa Junina da pousada. Foto: Wagner TakamoriFesta Junina da pousada. Foto: Wagner Takamori
Dia de beleza com representantes da Mary Kay. Foto: Wagner TakamoriDia de beleza com representantes da Mary Kay. Foto: Wagner Takamori

Agora que o espaço está estabilizado, uma das novidades da Pousada do Vovô Emílio é a inclusão do serviço Centro Dia, oferecemos o transporte, buscamos e levamos o vovô em casa, o idoso passa o dia no local, das 7 horas da manhã às 19 horas da noite, com a inclusão de todas as atividades e refeições, mas dorme em casa. É um serviço novo em Campo Grande e exclusivo nosso.

“É uma opção para quem não quer internar, mas trabalha o dia todo e se preocupa com a segurança e o bem-estar do idoso. Durante o dia nós levamos para praça, tem um personal trainner voluntário que faz exercícios com eles, além das refeições, e pretendemos incluir outras atividades ao longo do tempo”, indica.

Entre os internos, grande parte são pessoas com Alzheimer, em diferentes níveis. “São casos em que você precisa estar com a atenção redobrada, o paciente pode esquecer que tomou o medicamento ou que se alimentou. Por isso nós temos cuidadores 24 horas”, frisa.

Vovôs e Vovós no inverno assistindo TV. Foto: Wagner TakamoriVovôs e Vovós no inverno assistindo TV. Foto: Wagner Takamori

Mesmo assim, os filhos e parentes visitam com frequência a Pousada. “Temos filhos que vem de 3 a 4 vezes por semana, tem gente que vem todo dia. Sempre estamos abertos a visitas e são pessoas que realmente colocaram o idoso aqui porque era melhor ou necessidade”, acredita.

Para ajudar no convívio, a Pousada Vovô Emílio ainda faz celebrações, como a Festa do Natal, com direito até a amigo oculto. “Foi nosso primeiro ano e deu certo. Foi divertido, todos eles gostaram, um momento de descontração”, frisa.

A Pousada Vovô Emílio fica na rua Silvio Romero, 172, Jardim São Lourenço. Informações pelo telefone (67) 8457-7717 (67) 3027-2748.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions