ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Preço do teste rápido da covid varia de R$ 79 a R$ 450 na Capital

Procon também indica menores e maiores preços de exames sorológico e PCR

Por Caroline Maldonado | 22/07/2021 10:05
Coleta para exame PCR por Swab, realizado com cotone no nariz (Foto: Marcos Maluf)
Coleta para exame PCR por Swab, realizado com cotone no nariz (Foto: Marcos Maluf)

Vale a pena pesquisar antes de comprar exames de covid-19 em Campo Grande. Os preços do teste rápido variam incríveis 470% nos estabelecimentos, segundo levantamento do Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor).

A pesquisa de preços, que ajuda a preservar a saúde financeira, foi feita com três exames: PCR, Sorologia (igG e igM) e teste rápido (igG e igM). O Procon descobriu os preços de 16 estabelecimentos, sendo três farmácias, dez laboratórios e três hospitais da Capital, durante as últimas semanas do mês de julho.

Valores - O teste rápido tem menor preço na Farmácia Pague Menos, onde sai por R$ 79. O valor mais alto é na Clínica Campo Grande, onde custa R$ 450.

O exame sorológico tem variação de até 250%, sendo o menor preço na Pague Menos, onde custa de R$ 100 e o maior valor, de R$ 350, na Clínica Campo Grande.

Os preços do exame PCR variam até 52%. O menor preço é do Laboratório Célula, onde custa R$ 250. Já o maior valor é de R$ 380, no Proncor e em três laboratórios, o Analisa Diagnósticos, o Labclin e o Labminei.

Subindo - Na comparação de preços entre abril e julho deste ano, o exame sorológico foi o único que não subiu.

O PCR subiu 108%, conforme a pesquisa. Em abril encontrava-se por R$ 120 e atualmente, o menor preço é de R$ 250.

O teste rápido subiu 80% na comparação do maior preço. Em Abril o maior valor era de R$ 250 e agora é de R$ 450.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário