A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

21/12/2017 11:01

Prefeito anuncia convocação de mil professores aprovados em concurso

Os docentes foram aprovados em concurso realizado no ano passado e ocuparão vagas de professores temporários

Guilherme Henri e Bruna Kaspary
Prefeito Marquinhos Trad durante inauguração da ampliação da Central do Cidadão (Foto: André Bittar)Prefeito Marquinhos Trad durante inauguração da ampliação da Central do Cidadão (Foto: André Bittar)

A prefeitura de Campo Grande enviará ainda nesta quinta-feira (21) projeto de lei para a Câmara de Vereadores para convocar 1 mil professores. Os docentes foram aprovados em concurso realizado no ano passado e ocuparão vagas de professores temporários.

O anúncio foi feito pelo prefeito Marquinhos Trad nesta manhã durante a inauguração da ampliação da Central do Cidadão. Conforme o chefe do administrativo municipal, além de empregar os remanescentes as convocação significarão R$ 8,5 milhões no caixa do Instituto Municipal de Previdência.

Ainda segundo prefeito, como haverá a substituição de temporários por concursados não haverá impacto nos cofres públicos. “Os contratos dos docentes temporários terminam em dezembro. E a intenção é convocar os aprovados no concurso para o ano letivo de 2018”.

Conforme divulgado pela assessoria, neste primeiro ano de mandato, foram convocados 1.267 aprovados em concursos de 2012, 2013 e 2016.

O concurso vigente abriu vagas para professor de educação infantil; arte (educação infantil ao nono ano do ensino fundamental); educação física (educação infantil ao 9º ano do ensino fundamental); História (6º ao 9º ano do ensino fundamental); Geografia (6º ao 9º ano do ensino fundamental); Inglês (6º ao 9º ano do ensino fundamental); Língua Portuguesa (6º ao 9º ano do ensino fundamental); Matemática (6º ao 9º ano do ensino fundamental); Ciências (6º ao 9º ano do ensino fundamental) e professores dos anos iniciais.

Eleições Marquinhos aproveitou a oportunidade para revelar também que entrou com um pedido para que as eleições de diretores das escolas municipais sejam realizadas de maneira direta. Hoje, os dirigentes são escolhidos por meio de nomeação. “Nós estamos reduzindo os privilégios de nomes e sobrenomes. Agora não tem essa de ser apadrinhado”, destaca.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions