A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/03/2015 18:05

Prefeitura entrega 'kits de páscoa' para crianças de 20 bairros carentes

Kleber Clajus
Crianças festejaram entrega de 1,5 mil kits de páscoa com chocolate e balas (Foto: Kleber Clajus)Crianças festejaram entrega de 1,5 mil kits de páscoa com chocolate e balas (Foto: Kleber Clajus)
Kits entregues foram confeccionados mediante doação de empresários (Foto: Kleber Clajus)Kits entregues foram confeccionados mediante doação de empresários (Foto: Kleber Clajus)

Chocolate, balas e pipoca foram entregues em kits comemorativos de páscoa, neste domingo (29), a cerca de 1,5 mil crianças de 20 bairros carentes de Campo Grande. A ação foi promovida pela prefeitura, mediante doação de empresários e contou com lanche especial.

O prefeito Gilmar Olarte (PP) ressaltou, durante o evento no CCI (Centro de Convivência do Idoso) Vovó Ziza, que a ação possibilita preservar “o lado cultural que é o ovo da páscoa e coelhinho, também enfatizando o verdade sentido [da data] que é a morte e ressurreição de Jesus”.

Mariana Viana, 4 anos, vibrava ao receber o presente das mãos da primeira-dama Andreia Olarte. Já a autônoma Rose Gonçalves, 39 anos, se esforçou a todo momento para controlar a ansiedade dos três filhos entre 1 e 5 anos. “É a primeira vez que viemos a um evento assim lá do Jardim Lageado”. Entre os bairros estavam Vila Bordon, Dom Antônio, Noroeste e Itamaracá.

Diego Ferreira, líder comunitário do Jardim Fernanda, até se esforçou para lembrar de outra atividade semelhante, porém diante da negativa na memória preferiu dizer que a entrega dos kits sobrepassa o lado material e gera alegria nas crianças que muitas vezes não tem a presença do pai ou mãe em casa.

Locais não atendidos pela entrega de hoje, conforme o coordenador da ação Valdir Gomes, devem receber a partir de segunda-feira (30) os kits ainda disponíveis até o dia 3 de abril. A ação, no entanto, já estava sendo realizada em Ceinfs (Centros Educação Infantil), Cras (Centros de Referência em Assistência Social) e abrigos da Capital.

“Respondemos as demandas que nos chegaram por ofício e levantamento com líderes comunitários, mas aproveitamos a oportunidade para vistoriar as unidades visitadas quanto ao espaço físico, merenda e domínio de professores e diretores [em suas funções]”, complementou Andreia Olarte.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions