A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/11/2014 12:49

Prefeitura “fecha” oito favelas com entrega de casas no fim do mês

Kleber Clajus
Conjunto beneficiará 482 famílias com imóveis nas Moreninhas IV (Foto: Divulgação)Conjunto beneficiará 482 famílias com imóveis nas Moreninhas IV (Foto: Divulgação)
Marta Martinez, da Emha, ressaltou que oito favelas deixarão de existir com a transferência das famílias (Foto: Marcos Ermínio)Marta Martinez, da Emha, ressaltou que oito favelas deixarão de existir com a transferência das famílias (Foto: Marcos Ermínio)
Beneficiários não vão precisar pagar pela nova casa (Foto: Marcos Ermínio)Beneficiários não vão precisar pagar pela nova casa (Foto: Marcos Ermínio)

A inauguração do Residencial José Maksoud, prevista para 27 de novembro, dará fim a oito favelas e ocupações irregulares em Campo Grande. O empreendimento, nas Moreninhas IV, deve abrigar 482 famílias que conheceram em sorteio, nesta sexta-feira (14), a localização dos imóveis na Câmara Municipal.

“Não vejo a hora de estar dentro da casa”, resumiu Zenilda Felizardo, 36 anos. A dona de casa, que vive com três filhos de idades entre 7 e 13 anos, comemora o presente recebido de 35,84 metros quadrados com sala, cozinha, banheiro, dois quartos e área de serviço.

Das 482 unidades habitacionais, 15 são adaptadas para pessoas com deficiência e idosos. Vistorias estão previstas para ocorrer a partir da próxima semana. Os beneficiários não precisarão pagar pela nova casa, financiada pelo governo federal.

Marta Martinez, diretora-presidente da Emha (Empresa Municipal de Habitação), explicou que o cadastro das famílias ocorreu em 2011 e atende moradores de áreas de risco e favelas da Horta, Linhão, Mário Covas, Cohab Universitária, Ametista, Perpétuo Socorro, Itamaracá e Colibri.

O empreendimento foi premiado, em maio deste ano, com o Selo de Mérito 2014 da ABC (Associação Brasileira de Cohabs e Agentes Públicos de Habitação) e o FNSHDU (Fórum Nacional de Secretários de Habitação e Desenvolvimento Urbano).

Em sua construção foram investidos R$ 27.817.897,63, provenientes de recurso do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) e Programa Minha Casa, Minha Vida, além de contrapartida municipal de R$ 4.251.470,68.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions