A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

26/06/2016 16:49

Prefeitura notifica famílias que ocupam área pública desde quinta-feira

Mariana Castelar e Adriano Fernandes
Local está ocupada por 36 famílias (Foto: Pedro Peralta)Local está ocupada por 36 famílias (Foto: Pedro Peralta)
Na parte da manhã, Choque foi ao local (Foto: Direto das Ruas)Na parte da manhã, Choque foi ao local (Foto: Direto das Ruas)

Na manhã de hoje (26), 36 famílias que ocupam um terreno abandonado ao lado da Rua Dos Centuriões, na Vila Romana, na Capital desde quinta-feira (23), receberam a notificação da Prefeitura para desocupar o local. São indígenas e moradores dos bairros Vila Popular, Santa Mônica e Vila Romana, que alegam não ter onde morar e por isso se uniram para ocupar o local. A Tropa de Choque da Polícia Militar foi ao local no período da manhã e a Guarda Municipal realiza ronda desde o dia da ocupação.

De acordo com a liderança indígenas, Donaldo Fernandes, 43 anos, parte dos índios que estão no local são terenas e da Aldeia Taunay. “Nós estamos reivindicando morar aqui porque não temos condições de nos manter”, alega.

Desempregada, Claudete Drumond, moiradora da Vila Romana afirma que a área está vazia há 20 anos, e que agora que foi ocupada, a Prefeitura alega ter projeto para o local. “Ou eles cedem aqui para a gente ou nos transferem para outro lugar com os nosso filhos”. Ela conta que na sexta o grupo foi à prefeitura, e a única resposta que tiveram é que estão ocupando uma área irregular e precisam sair.

Alegando falta de condições para se manter, o indígena Justino Ramão Vasquez, 47 anos explica que assim qu ocuparam o local fizeram uma limpa no matagal, mas que não irão constuir até ter uma definição sobre a situação deles. “Nós não estamos aqui para brigar com ninguém, mas precisamos de solução. Meu aluguel custa R$ 700, e ganho um salário minimo, ou seja, como vou comer?”, indaga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions