A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/04/2014 21:40

Prefeitura pretende entregar até dezembro nove centros de educação infantil

Alan Diógenes
A construção dos centros representam um investimento de R$ 38,9 milhões. (Foto: CasimiroSilva/PMCG)   A construção dos centros representam um investimento de R$ 38,9 milhões. (Foto: CasimiroSilva/PMCG)

Nove dos 20 centros de educação infantil, que foram lançados em 2012 pela prefeitura de Campo Grande, serão inaugurados até dezembro deste ano. As novas unidades vão garantir acesso à educação infantil para 960 crianças na faixa etária de quatro meses a 4 anos de idade.

Em agosto, agosto a Secretaria de Educação pretende colocar em funcionamentos os ceinfs dos bairros Vida Nova, Residencial Oiti, Jardim Tijuca e Moreninha IV. Destes, estão prontos e dependendo apenas de mobiliário o do Oiti e do Jardim Tijuca. No fim do segundo semestre, ficam prontos os ceinfs do Residencial Bethaville, Jardim Noroeste , Santa Emilia e Vida Nova.

O prefeito Gilmar Olarte orientou a Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação a resolver os entraves burocráticos para que de imediato seja o acelerado o ritmo das obras. “Há uma fila de espera de 8 mil crianças por vagas na educação infantil. Não há tempo a perder, a população”, destacou.

De acordo com o secretário Semy Ferraz, algumas empreiteiras estão trabalhando com equipes reduzidas porque ainda não receberam neste ano pelas últimas medições de 2013. “Em parceria com a Secretaria de Planejamento, estamos fazendo alguns ajustes de dotação orçamentária, acertando os aditivos dos contratos, para que os pagamentos sejam normalizados e as obras possam ser aceleradas”, explica Semy.

A construção dos 20 centros de educação infantil representa investimento de R$ 38,9 milhões. Estas unidades vão assegurar a abertura de 2.400 vagas para educação infantil. Atualmente, o município conta com 96 ceinfs que atendem cerca de 15 mil crianças.

 

Prefeitura pode desistir de hospital municipal e usar verba em outra obra
A Prefeitura de Campo Grande pode desistir do projeto de construir um hospital municipal. Os R$ 6,5 milhões, provenientes de emenda parlamentar feder...
Com mais de 14 mil na fila, Prefeitura tem capacidade para atender 2.856 exames
Com mais de 14 mil pessoas na fila esperando para fazer exame de raio-x, a Prefeitura tem capacidade para atender hoje 2.856 pacientes. São 2.531 na ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions