A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

29/07/2019 13:10

Prefeitura recebe até dia 29 propostas para construção de 12 pontes

Obras foram divididas em seis lotes. As pontes têm vãos que vão de 6 a 60 metros

Marta Ferreira
O prefeito Marquinhos Trad em visita a ponte em obras. (Foto: Assessoria de Imprensa/PMCG)O prefeito Marquinhos Trad em visita a ponte em obras. (Foto: Assessoria de Imprensa/PMCG)

A Prefeitura de Campo Grande vai reformar ou reconstruir 12 pontes de madeira na zona rural de Campo Grande, que estão em situação precária. O processo licitatório está aberto, com prazo até dia 29 de agosto para as empresas interessas em fazer o serviço apresentarem propostas.

Segundo a Prefeitura, são pontes de estradas vicinais estratégicas no escoamento da produção agrícola e pecuária, acesso a lotes dos assentamentos Nova Era, sobre o Córrego Varjão, São Luiz e Universal no Córrego Ribeirão das Botas.

Para o processo licitatório, as obras foram divididas em seis lotes, abrangendo desde pontes com 6 metros de vão, como a sobre o Córrego Ribeirão das Botas, na CG-060, até uma de 60 metros no Rio Anhanduí, na estrada vicinal CG-284.

Onde - O pacote prevê reformas de pontes sobre os córregos Guariroba; Rondinha; Ceroula, na região do Inferninho com 10 metros de vão; Mimoso; Ribeirão da Areia; Liso; Ribeirão Estaca; Varjão e Ribeirão da Cachoeira.

Os projetos tiveram como guia levantamento fotográfico de todas as pontes, com indicação do tipo de intervenção que será preciso fazer em cada uma delas. O trabalho foi feito por equipes da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços).

De acordo com a informação divulgada, em algumas pontes, será preciso trocar o assoalho. Em outras, as vigas de sustentação precisam ser trocadas ou ainda vai ser necessário reforço no aterro. Um dos fatores de comprometimento das estruturas, segundo os engenheiros da Sisep, é que as estruturas são projetadas para suportar 15 toneladas e muitas vezes, passam carretas sobre elas com até 40 toneladas de calcário.

Campo Grande tem malha viária rural de aproximadamente 2 mil quilômetros para manter, com 85 pontes em todo o perímetro. De acordo com a prefeitura, já foram reformadas seis pontes, ao custo de R$ 496 mil e estão sendo elaborados 15 projetos de pontes de concreto, porém a construção depende da captação de recursos federais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions