A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/07/2012 09:07

Prefeitura vai abrir licitação para dogueiros irem para Orla Ferroviária

Paula Maciulevicius

Edital ainda está sendo estudado e a previsão é de que seja lançado em 30 dias, obedecendo a uma porção de exigências

“Vai ter que ter o tipo de culinária, cursos para qualidade do atendimento, manipulação de alimentos”, destacou Trad. (Foto: Simão Nogueira)“Vai ter que ter o tipo de culinária, cursos para qualidade do atendimento, manipulação de alimentos”, destacou Trad. (Foto: Simão Nogueira)

O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) anunciou na manhã desta quarta-feira, durante lançamento da campanha de mobilização para atenção à saúde do homem, que vai abrir licitação para os dogueiros irem para a Orla Ferroviária, obra que ficará pronta a partir da segunda quinzena de novembro.

Os donos de trailers que antes da revitalização e recapeamento ocupavam a avenida Afonso Pena, foram colocados no prédio da antiga rodoviária em outubro do ano passado, depois de muito impasse.

Segundo o prefeito, o edital ainda está sendo estudado e a previsão é de que seja lançado em 30 dias, obedecendo a uma porção de exigências.

“Vai ter que ter o tipo de culinária, cursos para qualidade do atendimento, manipulação de alimentos. Tudo para oferecer o melhor possível”, destacou Trad.

Depois de tantos “nãos”, dogueiros foram colocados no prédio da antiga rodoviária, em outubro de 2011. (Foto: Arquivo/Simão Nogueira)Depois de tantos “nãos”, dogueiros foram colocados no prédio da antiga rodoviária, em outubro de 2011. (Foto: Arquivo/Simão Nogueira)

Desde 2009, os comerciantes sabiam que precisariam sair da principal avenida da cidade e que o local escolhido para o novo endereço seria a Orla Ferroviária. No entanto, enquanto o local prometido está em construção, a discussão seguiu para colocá-los no Horto Florestal, o que foi impedido pelo Ministério Público Estadual, alegando danos ao Meio Ambiente.

O que se viu adiante foram “nãos” de todos os lados. A Praça Aquidauana foi a segunda opção, chegou a ser reformada para recebê-los, mas os moradores conseguiram entre protestos que os lancheiros não se mudassem para a região.

A Orla Morena chegou a ser cotada, mas de imediato descartada, também pela pelo empenho da vizinhança. O destino desde então foi o antigo terminal rodoviário.



até que em fim. quem sabe um dia esses trabalhadores serao tratados como gente , tanto eles como seus clientes,
 
Fabiana Cristina Moreli Monteiro em 04/07/2012 11:39:24
Otima atitude de nossa prefeitura. Deveria também dar atenção a proliferação de camelôs em plena Rua 14 de Julho, vendendo meias, meias calças, antenas,celulares CONTRABANDEADOS, bloqueando o direito dos transeuntes de utilizar as calçadas.
AINDA É TEMPO ANTES QUE SE ORGANIZEM EM ASSOCIAÇÕES defendendo seus direitos inexistentes .
O Andre quando prefeito eliminou este problema, que agora voltou.
 
José Inácio Dias Schwanz; em 04/07/2012 08:21:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions