ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Prefeitura vai oficializar mão única em rua de duas faixas com curva estreita

Bruno Chaves | 02/09/2013 15:23
Prefeitura vai oficializar mão única em rua de duas faixas com curva estreita

Depois de vários acidentes, apelos, protestos, reivindicações e matéria no Campo Grande News no sábado, a Rua Felipe Camarão, no Parque Dallas, em Campo Grande, conhecida por sua curva estreita, deverá ser transformada em mão única. O secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha), Semy Ferraz, confirmou hoje (2) que em 45 dias o tráfego na via deverá ser modificado.

“Ali tem que ser mão única. Vamos ter que pavimentar um trecho da rua lateral para servir de alternativa do ir e vir. Não podemos limitar o tráfego sem ter uma alternativa, por isso vamos pavimentar uma via alternativa para evitar aquele tipo de conflito”, revelou o secretário.

Semy contou que passa pela rua todos os dias, já que mora na região, e que percebe a necessidade de mudanças. Há cerca de um mês, ele se reuniu com a diretora presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Kátia Castilho, para discutirem o que poderia ser feito em relação à curva.

Ficou decidido que a rua será de mão única. No entanto ainda não se sabe qual será o sentido da rua que liga as avenidas Três Barras e Interlagos. Para a pavimentação da via paralela, que fará o sentido contrário a Rua Felipe Camarão, serão gastos de R$ 40 mil a R$ 50 mil, já que devem ser pavimentados cerca de 150 metros de asfalto. A obra deve ser concluída até o fim de outubro deste ano.

A curva é o problema, já que só tem espaço para um caminhão (Foto: Marcos Ermínio)
A curva é o problema, já que só tem espaço para um caminhão (Foto: Marcos Ermínio)
Seta que indica que motoristas devem virar a direita não é levada em consideração (Foto: Marcos Ermínio)
Seta que indica que motoristas devem virar a direita não é levada em consideração (Foto: Marcos Ermínio)

Segundo os moradores da região, a rua é estreita e tem um grande fluxo de carros. A curva fechada e estreita, próximo ao entroncamento com a Rua Araújo Lima é palco frequente para acidentes, principalmente os que envolvem motociclistas. Só em 2012, foram 50 acidentes no local, conforme dossiê com dados do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

No dia 24 de junho, moradores do Parque Dallas se reuniram em protesto para pedirem providências sobre a sinalização do cruzamento da Rua Felipe Camarão com a avenida Três Barras. Na oportunidade, eles também reclamaram da curva estreita. Os moradores afirmaram que a curva possui seis metros de largura. Pouco mais de um mês após o protesto, a Agetran instalou um semáforo no entroncamento da Felipe Camarão com as Três Barras.

Na semana passada, o Campo Grande News esteve novamente no local alvo de reclamações. De acordo com a aposentada e estudante de Direito Sônia Cristina Lima Pires, 51 anos, que mora ao lado da curva estreita, as placas de trânsito foram derrubadas e roubadas. Para os motoristas, a única informação é a sinalização horizontal.

Quem trafega na Rua Felipe Camarão, sentido Avenida Três Barras/Avenida Interlagos, não percebe ou ignora uma seta pintada no asfalto que obriga o motorista a fazer conversão a direita, ou seja, sem a placa de “Sentido Proibido” todos os motoristas seguem adiante na curva, que, teoricamente, não é mão dupla.

Nos siga no Google Notícias