A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/03/2011 11:10

Prejuízo causado por golpistas na Capital já ultrapassa R$ 4 mil

Nadyenka Castro

Pelo menos 3 comércios foram vítimas

Dupla foi autuada em flagrante por quatro crimes. (Foto: Divulgação/PC)Dupla foi autuada em flagrante por quatro crimes. (Foto: Divulgação/PC)

Já ultrapassa R$ 4 mil o prejuízo causado pelos estelionatários Elias da Silva Correa Júnior, 30 anos, e Renato Brites, presos em flagrante nessa quinta-feira, em uma loja de decorações em Campo Grande.

Somente nessa loja Elias havia comprado R$ 4,4 mil. A primeira compra foi no dia 14 de fevereiro, com pagamento de R$ 1.220 feito com entrada no cartão de crédito e dois cheques pré-datados em nome de Luís Marcondes Ramos Cipriano, falecido em 2003.

Foi feita a consulta sobre a situação do cheque, o qual foi aprovado. No dia 1º deste mês Elias voltou ao comércio e comprou mais R$ 4.222, sendo que na consulta sobre o “dinheiro de papel” foi apontado o falecimento.

A Polícia Civil foi acionada e verificou que Elias voltaria ao local na data de ontem para buscar mais mercadorias. Com ele foram encontrados documentos do morto e também pneus de caminhão comprados em uma loja do bairro Aero Rancho e um pára-choque de carro de luxo adquirido em uma concessionária.

Os pneus tinham sido comprados ontem com documentos falsos e por isso ele foi autuado em flagrante. Ele também utilizava documentos em nome da empresa fantasma Agroramos Locação e Transporte Ltda, que supostamente pertencia ao homem já falecido.

Com Elias estava Renato Brites, o qual também foi preso. Ambos foram autuados por estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documento público e uso de documento falso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions