ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Presidente da Câmara quer reduzir vazios urbanos de forma consciente

Especialista ajudará a retratar a realidade de Campo Grande e a identificar projetos práticos e conscientes

Por Liniker Ribeiro | 11/03/2021 17:17
Em seu quarto mandato e agora como presidente, Carlão quer aproximar sociedade do Legislativo. (Foto: Ricardo Gael)
Em seu quarto mandato e agora como presidente, Carlão quer aproximar sociedade do Legislativo. (Foto: Ricardo Gael)

Prestes a completar 56 anos, 30 deles voltados a vida pública, Carlos Augusto Borges (PSB), o vereador Carlão,  atual presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, prepara  estudos técnicos que ajudarão a retratar a realidade da cidade, com objetivo de controlar os “vazios urbanos” de forma consciente e segura. A análise será feita por especialistas em diagnósticos referentes ao uso do solo.

“Vamos contratar um especialista para analisar projetos e dar o parecer de possíveis situações que podem causar problemas. Os vazios urbanos existem, vamos abrir ruas, levar luz, água, escola, transporte...”, explica Carlão, em seu quarto mandato na Câmara.

Segundo ele, a medida faz parte de mudanças planejadas pela presidência da Casa de Leis, que tem por objetivo reaproximar a Câmara da população. “O vereador tem que pensar na cidade, fazer projetos com o pensamento de que somos a ‘caixa de ressonância’ da população”, destaca. “Entendemos que precisamos crescer ordenadamente, com cautela e respeitando o meio ambiente”.

Carlão reforça ainda, que pelos próximos dois anos, e assim que a pandemia for controlada, os representantes do legislativo municipal estarão ainda mais próximos da população. “Vamos levar a Câmara de novo para os bairros, ouvir entidades de classe, fazer sessões itinerantes, entre outras coisas. Se não for possível ir até lá, pelo menos ouvir mais os  representantes da sociedade organizada”, diz.

Experiência – Nascido em Pedro Gomes, cidade a 309 quilômetros da Capital, Carlão se mudou para Campo Grande em 1980, aos 15 anos. Antes de assumir o primeiro mandato como vereador, em 2008, o político desenvolveu diversos trabalhos sociais e se tornou um dos precursores da luta em favor do ‘desfavelamento’ da Capital e da pavimentação do Bairro Nova Lima e Região, onde morou por 30 anos.

“Morei no chamado ‘corredor do Nova Lima’ que, na verdade, era o Jardim Campo Verde. Meu pai morreu ali, meus irmãos ainda moram, eu só me mudei ano passado, mas ainda moro próximo, no Bairro Coronel Antonino”.

Conhecido pelos benefícios conquistados para a região, como escolas, Ceinfs, o centros comunitários e postos de saúde, o político conquistou eleitores fiéis e, só na última disputa, ano passado, conquistou 4.836 votos.

“Sou um cara pobre, de origem humilde, mas sou de palavra. Sempre tive uma forte ligação com a comunidade e não perdi minha essência, não vou abandonar meu povo”, destaca Carlão, pai de 3 filhos.

Antes de assumir a liderança da Casa de Leis, o político também ocupou outros cargos dentro da Câmara Municipal, ao longo de 30 anos.

“Experiência eu tenho. Fui vice-presidente, segundo e primeiro secretário, fiquei 20 anos na assessoria da Câmara e mais os 12 como vereador”, explica. Ele foi eleito presidente por unanimidade. A entrevista ao Campo Grande News, com exclusividade, foi concedida durante visita a redação do jornal, hoje a tarde.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário