A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018

01/12/2017 06:22

Preso com 31 munições confessa que vendeu pistola usada em assassinato

A arma, segundo o rapaz, foi usada para executar Guilherme da Silva Almeida, 20 anos, no começo do mês passado, na Rua Luiz Louzinha, no Jardim Nhá-Nhá

Viviane Oliveira

Jovem de 22 anos foi preso com 31 munições, na madrugada desta sexta-feira (1º), na Rua Diadema, na Vila Taquarussu, em Campo Grande. Valdeci de Jesus Araújo confessou ainda que tinha uma pistola 9 milímetros, mas a vendeu para um homem conhecido apenas como “Piranha”. A arma, segundo o rapaz, foi usada para executar Guilherme da Silva Almeida, 20 anos, no começo do mês passado, na Rua Luiz Louzinha, no Jardim Nhá-Nhá.

Conforme boletim de ocorrência, equipe do Batalhão de Choque fazia rondas na região, quando avistou duas pessoas, que ao notarem a presença da polícia tentaram se esconder em uma casa. Os dois foram abordados e embaixo de um casaco de Valdeci foram localizadas uma caixa de munições, contendo 26 de calibre 9 milímetros e cinco de calibre .380.

Questionado sobre a procedência, o rapaz afirmou que havia comprado as munições no Paraguai. Durante a conversa, ele acabou confessando que era sua a pistola que foi utilizada para matar o rapaz. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions