A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

08/12/2017 11:16

Preso de 62 anos passa mal e morre no Presídio de Segurança Máxima

Aparentemente, segundo o agente penitenciário, o interno não tinha problema de convivência com outros presos

Viviane Oliveira
Carro da funerária entrando no presídio para recolher o corpo (Foto: Marcos Ermínio) Carro da funerária entrando no presídio para recolher o corpo (Foto: Marcos Ermínio)
Wilson foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira  (8) (Foto: reprodução/site do Tribunal de Justiça) Wilson foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (8) (Foto: reprodução/site do Tribunal de Justiça)

Wilson Maciel de Arruda, 62 anos, morreu após passar mal em uma das celas do presídio de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho, que fica no complexo penitenciário, na Rua Indianápolis, no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, por volta das 5h30, os presos da cela 3 do pavilhão IV, bateram nas grades para avisar que um interno passava mal. Os agentes, então, foram até o local e encontraram Wilson sem pulsação. O Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgente) foi acionado e constatou a morte.

O servidor relatou à polícia que, a vítima sofria com vários problemas de saúde. Era tuberculoso, diabético, hipertenso e fazia hemodiálise. Wilson tinha autorização da Justiça para tratamento médico. Aparentemente, segundo o agente penitenciário, o interno não tinha problema de convivência com outros presos. O corpo foi levado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). O caso será investigado pela 3ª Delegacia de Polícia Civil. Wilson respondia a processo por homicídio. 

Presos serão ouvidos em investigação de morte na Máxima
A Polícia Civil depende de autorização judicial para os depoimentos dos presos que estavam na cela do EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima...
Polícia investiga estupro de irmãs com consentimento da mãe, 1 engravidou
O estupro de duas meninas, de 17 e 14 anos, cometido pelo padrasto, é investigado pela polícia de Campo Grande. O crime aconteceria com consentimento...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions