ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Preso em tentativa de furto a farmácia diz que foi contratado para fazer corrida

Na casa do comparsa, a polícia encontrou uma "central de treinamento" para desativar alarmes

Por Kerolyn Araújo | 20/10/2020 08:27
Prisão foi realizada pelo Bope. (Foto: Divulgação/Bope)
Prisão foi realizada pelo Bope. (Foto: Divulgação/Bope)


Tentativa de furto a farmácia na madrugada de ontem (19) na Vila Alba, em Campo Grande, terminou com a prisão de dois homens. Um deles negou a participação no crime e disse que foi contratado para fazer corrida de aplicativo.

Na delegacia, Joabe Lourenço Arguelho, 34 anos, contou que trabalha num frigorífico e, nas horas vagas, faz corridas de aplicativos.

Segundo o suspeito, um conhecido entrou em contato e pediu que ele fizesse a corrida na madrugada pelo valor de R$ 45. Ele aceitou e, chegando ao local, quem entrou no carro foi William Rodrigues de Souza, 28 anos.

Joabe relatou que, logo após William entrar no carro com uma mochila nas costas, o veículo foi abordado pela polícia. Ele negou participação na tentativa de furto .

Também preso em flagrante, William permaneceu em silêncio durante o interrogatório. Os dois passarã por audiência de custódia nesta terça-feira (20).

O caso - Conforme o boletim de ocorrência, policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) foram acionados por volta das 2h30, após o alarme da farmácia localizada na Avenida Júlio de Castilhos disparar. Uma viatura foi ao local e encontrou dois homens tentando fugir em um veículo VW Gol.

Os bandidos foram abordados e assumiram que tentaram arrombar a farmácia para furtar o cofre. Durante a tentativa de invasão, a dupla chegou a arrombar o gesso e a telha de zinco do estabelecimento. Os sensores dos alarmes estavam cobertos com folhas de caderno. O cofre seria aberto com uma lixadeira.

Na casa de William a polícia encontrou uma "central de treinamento" para desativar alarmes.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário