A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/07/2012 18:55

Preso usou torpedo para ordenar roubo a casal que foi assassinado

Francisco Júnior
Corpos foram encontrados às margens de rodovia. (Foto: Minamar Júnior)Corpos foram encontrados às margens de rodovia. (Foto: Minamar Júnior)

O roubo que terminou com a morte da estudante Luzia Barbosa Damasceno Costa, 25 anos, e do empresário Alberto Raghiante Junior, de 55 anos, foi ordenado via mensagem de celular de dentro de um presídio de Campo Grande.

Conforme apurado pela Polícia, a ordem foi dada a Neidinaldo Nascimento da Silva, 20 anos, que juntamente com comparsas assaltou e matou o casal. Como é analfabeto, foi sua mulher que leu a mensagem para ele.

Segundo a Polícia, a ordem era para ele cometer um assalto e não o duplo homicídio. Neidinaldo foi preso no dia seguinte ao crime, 4 de julho. Também estão presos Gleisson Barros da Silva e Sidney Portilho da Silva suspeitos de estar envolvidos no crime.

A Polícia trabalha para identificar quem enviou as mensagens com a ordem.

Ainda está foragido Julielton Aparecido Gonçalves, conhecido como Negão, 20 anos. Foi ele quem levou o carro do empresário, um Azera, para Capitan Bado, no Paraguai.

Na noite do crime, 3 de julho, as vítimas estavam dentro do veículo quando foram rendidas pelos assaltantes. De lá, foram para casa de Neidinaldo, onde permaneceram um certo tempo e logo depois, levadas até a rodovia Três Barras, onde foram executadas com tiros na nuca.



Já se tornou rotina presos ordenarem crime de dentro dos presídios. O dia que começar a ordenar roubos ou sequestro aos parlamentares ai com certeza irão se mobiliza para por fim a esta situação. Até lá a sociedade tem que conviver com estes absurdos.
 
Kaio Ferraz em 10/07/2012 08:14:05
Já ouviram falar que existe um aparelho que corta os sinais de celulares??
 
sandra lima em 10/07/2012 07:01:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions