A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

06/07/2012 20:54

Investigações sobre execução de casal continuam em Campo Grande

Nyelder Rodrigues e Nadyenka Castro

Um dos suspeitos presos, Gleisson Barros da Silva, nega envolvimento no crime. Ele foi preso na quinta em Chapadão do Sul e transferido nesta sexta para o Garras, em Campo Grande

Continuam as investigações sobre a morte da estudante Luzia Barbosa Damasceno Costa, de 25 anos, e do empresário Alberto Raghiante Junior, de 55 anos, encontrados mortos em Campo Grande na última quarta-feira (4), na rodovia Três Barras, saída para São Paulo.

Na tarde de quinta-feira (5), em Chapadão do Sul, policias de Costa Rica prenderam Gleisson Barros da Silva, conhecido como Paraná. De acordo com as primeiras informações da polícia, ele é suspeito por ordenar a execução do casal.

Gleisson foi transferido na tarde desta sexta-feira (6) para a sede do Garras (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) na Capital, onde chegou por volta das 17h10. Desde então, ele nega em depoimento à polícia qualquer envolvimento com o crime. Ao Campo Grande News, ele também negou envolvimento.

Os investigadores ainda tentam identificar o mentor do crime, sendo que a principal suspeita é de que seja um detento de um presídio da Capital, enquanto Aparecido Gonçalves, de 20 anos, conhecido como Negão, segue foragido.

Outros dois homens foram presos por envolvimento na execução do casal. Neidinaldo Nascimento da Silva, de 20 anos, confessou o assassinato e foi preso ainda na quarta-feira, um dia após o crime.

Já Sidney Portilho da Silva, conhecido como Pitão, se entregou nesta sexta, na 4ª DP das Moreninhas, em Campo Grande, no início da tarde.



Esses refugos da sociedade, deveriam ser FUZILADOS, assim, não dariam mais gasto aos cofres públicos e nunca mais iriam matar inocentes.
Agora pergunto, para que prender esses VERMES? um deles acabou de sair da prissão, quinto suspeito está na prisão. A segunda opcão, seria levá-los para casa de algum integrante dos DIREITOS DOS MANOS.Afinal, são esses direitos que protegem essa corja de vagabun
 
Neyde de Oliveira em 08/07/2012 02:20:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions