A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/05/2016 12:41

PRF finaliza operação Corpus Christi com 39 acidentes e duas mortes

Cansaço e falta de condição física para dirigir são algumas das principais causas de colisões

Leandro Abreu
Policiais realizaram fiscalização com radares durante os quatro dias de feriado de Corpus Christi. (Foto: Divulgação/PRF)Policiais realizaram fiscalização com radares durante os quatro dias de feriado de Corpus Christi. (Foto: Divulgação/PRF)
Veículo foi flagrado pela PRF andando a 186 km/h. (Foto: Divulgação/PRF)Veículo foi flagrado pela PRF andando a 186 km/h. (Foto: Divulgação/PRF)

A operação Corpus Christi da PRF (Polícia Rodoviária Federal) terminou com 39 acidentes e duas mortes durante o feriado prolongado de quatro dias. Conforme a corporação, o cansaço e a falta de condição física dos condutores para viajar no último dia de folga acaba sendo uma das principais causas das colisões. O acidente que acabou com os dois óbitos ocorreu entre as 21h e 22h deste domingo (29).

Conforme a estatística da PRF, outras 27 pessoas ficaram feridas nos acidentes ocorridos durante o feriado. Dos cerca de 3,6 mil autos de infração realizados pelos policiais, 256 foram por ultrapassagens indevidas e aproximadamente 2,6 mil realizados por imagem de radar. Outras 28 autuações por alcoolemia, nove prisões por embriaguez e 74 autuações pelo condutor estar sem o cinto de segurança também foram lavradas pela corporação.

Em comparação ao ano passado, quando o feriado de Corpus Christi caiu entre os dias 3 e 7 de junho, o número de acidentes diminuíram, mas as mortes aumentaram. Na época, foram registrados 43 acidentes, com 31 pessoas feridas e nenhuma morte.

No ano passado foram lavrados 2,8 mil autos de infração, sendo 369 por ultrapassagem indevida, 2,8 mil por imagem de radar, 64 por alcoolemia e 17 presos por embriaguez.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions