A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/10/2011 09:25

Protesto quer fim de consultas de minutos nos postos de Campo Grande

Aline dos Santos

Em uma hora, médico atende até 16 pessoas, média de três minutos para cada paciente

Faixas cobram qualidade na consulta e que médicos cumpram carga horária. (Foto: João Garrigó)Faixas cobram qualidade na consulta e que médicos cumpram carga horária. (Foto: João Garrigó)

O Fórum dos Usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) protesta contra a baixa qualidade nas consultas médicas nas UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) e Centros de Saúde 24 horas de Campo Grande.

“As reclamações vêm aumentando bastante. Falta resolutividade nas consultas. A pessoa vai duas, três, quatro vezes e não resolve o problema”, afirma Sebastião de Campos Arinos Júnior, membro do fórum.

Segundo ele, em uma hora, o médico atende até 16 pessoas, média de três minutos para cada paciente. “Também estamos cobrando que cumpram a carga horária de quatro horas. O posto não é um bico. Eles fizeram concurso”, enfatiza.

Com nariz de palhaço, o grupo estava em frente à UPA Coronel Antonino, distribuindo panfletos para os pacientes. A ação será repetida em todas as unidades de saúde 24 horas.

“É questão de sorte. Às vezes, nem vale a pena esperar horas pela consulta. Tem médico que só te olha e te manda para casa. Outros, examinam, dá remédio certo”, afirma Andrea Aguilera, de 35 anos, que acompanhava o marido na UPA Coronel Antonino.

Eles moram na avenida Bandeirantes, mas preferem ir mais longe em busca de um atendimento melhor. “O mais perto é o posto do Guanandi, mas lá é muito cheio”, explica Andrea.

Vanderléia Nunes, de 24 anos, levou a filha de cinco anos à UPA nesta terça-feira. “O atendimento foi bom. A médica foi atenciosa. Bem boazinha”, conta a mãe.

Segundo Andrea, bom atendimento em posto depende da sorte. (Foto: João Garrigó)
Segundo Andrea, bom atendimento em posto depende da sorte. (Foto: João Garrigó)

Além de colocar faixas e distribuir 15 mil informativos, o protesto do Fórum dos Usuários vai pedir providências ao MPE (Ministério Público Estadual), CRM (Conselho Regional de Medicina) e Sindicato dos Médicos.

O fórum não tem números do total de reclamações e nem de onde o problema seria mais acentuado. “O que tem menos reclamação é o do Tiradentes, os outros têm a mesma média”, afirma Sebastião Júnior.

O grupo vai colocar uma faixa do protesto também em frente ao Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, aproveitando a visita do ministro da Saúde, Alexandre Padilha.



...Quanto aos outros não sei, mas o Posto de Saúde Cel.Antonino, em todas as vezes que precisei de atendimento médico, fui até lá, e todas asvezes fui atendida rápido os Médicos e atendentes foram eficientes e atenciosos,...mas o Pdot de Saúde Vila Almeida...Só por Misericórdia, certa vez fui lá cheguei as 23:55 hrs, saí de lá as 04:28 hrs da manhã e não fui atendida...HORRIVEL P.S VILA ALMEIDA...
 
Cristina Marques em 04/10/2011 12:04:02
è uma verdade, fui no posto um a noite fiquei esperando 2 horas, e fui atendido em apenas uns 2 minutos. ainda o medico passou remedios qque ali nao tinha. e para comprar o remedio custava R$ 50,00, fiquei sem tomar pois nao tinha como comprar. Pior ainda sao os atendentes que te olham na cara e deixam vc esperando enquanto tao vendo fotos no computador ou pelo celular.falta fiscalização...
 
thiago souza em 04/10/2011 10:41:24
PARABENS POPULAÇAO CAMPO GRANDENSE POR ESSE PROTESTO A FOVOR DE SEUS DIREITOS É ISSO QUE VENHO FALANDO A GENTE TEM QUE SE ENVOLVER EM SITUAÇOES QUE FAVOREÇAM TODA CIDADE.. NA CONSTITUIÇAO JA SE FALA DE DIREITO EDUCAÇAO SAUDE SEGURANÇA
É ISSO AI CAMPO GRANDENSES
 
jose artigas em 04/10/2011 10:28:19
O Q PRECISA É UM MEDICO EM CADA POSTO, MORO NO AERO RANCHO MAS SEMPRE Q PRECISO NAO TEM MEDICO, VC CHEGA NO POSTO E TEM UM CARTAZ DIZENDO ONDE ESTA O MEDICO, GERALMENTE DO OUTRO LADO DA CIDADE. ME PARECE Q SÓ TEM 1 MÉDICO PARA TODA A CIDADE, VC SÓ PODE FICAR DOENTE QUANDO ELE TA NA SUA REGIAO SE NAO SÓ POR DEUS....OQ ADIANTA TER POSTO PERTO DE CASA SE O MEDICO SÓ APARECE DE VEZ EM QUANDO???
 
marco aurelio em 04/10/2011 09:47:51
16 pacientes por hora x 12 horas de plantão = 192 pacientes por plantão!!??!!
Será isso mesmo??
2000 reais por mês, para 4 plantões de 12 horas = R$ 2,5 por paciente!!
Absurdo!
 
Leonisio Amancio em 04/10/2011 05:25:32
O que precisa é instruir a população à procurar as ubs e ubsf pois a maior parte dos atendimentos dos upas são casos que poderiam ser resolvidos na atenção basica melhor dizendo no postinho perto de casa, tenho certeza que quem realmente chega grave nos upas não fica sem ser atendido.
 
william sousa em 04/10/2011 05:10:59
O UPA Cel Antonino, por exemplo, tria em média mais de 150 pacientes por período. É só fazer os cálculos por nº de profissionais disponíveis. Lembrar que alguns atendimentos demoram mais que outros, obviamente. Solução: EXIGIR QUE AS AUTORIDADES FAÇAM COM QUE O AMBULATÓRIO (CEM OU UBS) FUNCIONE PLENAMENTE, UMA VEZ QUE MAIS DA METADE DOS ATENDIMENTOS DOS CRSs E UPAs É EMINENTEMENTE AMBULATORIAL!
 
Rafael Souza em 04/10/2011 04:37:20
Tudo bem, reclamemos das consultas-relâmpago, mas não culpemos a Prefeitura. Prova disso é que mesmo nos hospitais particulares, com consultas pagas ou de planos de saúde, os médicos nos atendem indeferentemente. Claro, não são todos, assim como nem todos os médicos da rede pública são desatenciosos, mas a verdade é que os médicos, em geral, não passam muito tempo com seus pacientes.
 
Luana Duprat em 04/10/2011 04:23:19
TODAS AS VEZES QUE PRECISEI DE ATENDIMENTO NOS POSTOS DE SAÚDE (TIRADENTES E UNIVERSITÁRIA) SEMPRE FUI MUITO BEM ATENDIDA, É SÓ TER PACIÊNCIA E ESPERAR A SUA VEZ.
PARA REFLEXÂO: A VIDA É UMA GRANDE UNIVERSIDADE, MAS POUCO ENSINA A QUEM NÃO SABE SER UM ALUNO..................
 
Luzia Araujo em 04/10/2011 04:03:44
Politica de Saude equivocada, remunera-se um Fiscal de Renda, Juiz, Procurador com salarios superiores á 15.000,00 ( e o fazem jus), no entanto ao remunerar o medico que tambem tem que se alimentar, pagar escola de filho, atualizar-se em medicina, etc em 2.000 ( por 4 horas), com a possibilidade legal de no maximo dois empregos publicos , como pode este ser possivel tal exigencia para tão pouca ..
 
Mario Munhoz em 04/10/2011 01:54:01
Infelizmente muitos dos profissionais que se formam não querem se submeter a ganhar o que a prefeitura, onde ocorrem esses desfalque de profissionais na saúde publica então prefeito reveja os salários dessa categoria porque senão não teremos nem médicos para atender a população campo grandense ......
 
PETERSON DE ALMEIDA CHAMORRO em 04/10/2011 01:13:35
É isso mesmo é um absurdo isso nos postos de saude alguem tem que toma providencia
 
Alysson Diego em 04/10/2011 01:00:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions