A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/09/2015 16:44

Querido na comunidade, padre choca fieis com "escândalo da coroinha"

Filipe Prado
A igreja cresceu após a chegada do padre (Foto: Gerson Walber)A igreja cresceu após a chegada do padre (Foto: Gerson Walber)

A gravidez da adolescente de 16 anos, após um relacionamento com o padre Jocerlei José Tavares, vigário da Paróquia Santa Rita de Cássia, no Bairro Universitário, chocou moradores e fieis da região. A população custou a acreditar na notícia sobre o “romance” entre a menina e o religioso, que ajudou a levantar a paróquia.

Na Rua João Maiolino, onde fica a igreja, o clima é de tensão. Poucos comentam sobre o assunto, mas pudera, a história ainda é recente e o padre aclamado por todos. A artesã Sirlei Garcia de Almeida, 35 anos, ficou sabendo do caso através da equipe do Campo Grande News e ficou sem reação após a notícia.

“Um padre! Se não pode confiar em um padre, vamos confiar em quem?”, comentou a artesã. Mesmo surpresa, ela lembrou os bons atos do vigário. “Antes a igreja era nada. Ele levantou tudo”, destacou.

Os que não frequentam o templo, também ficaram espantados. “Isso é um absurdo. Um padre!”, comentou um morador que não quis se identificar. “Podia ter usado camisinha”, ironizou outro.

O militar João Paulo Santana Gomes, 22, voltou à igreja no mesmo período em que Jocerlei chegou, em 2010. Por conta da volta ao catolicismo, o rapaz criou um vínculo de amizade com o vigário, custando a acreditar na gravidez da adolescente. “Não acho correto. É complicado”, comentou.

Ele confessou que o religioso foi muito importante para os fieis do bairro, principalmente para a juventude. “Ele incentivava, dava apoio. Conseguia as coisas, quando íamos fazer um retiro”, lembrou o militar. Jocerlei sempre cobrou os bons costumes dos fieis, assumiu João Paulo. O religioso esperava que os frequentadores da igreja fossem coerentes também no agir, não somente no falar.

O padre foi afastado da função religiosa (Foto: Fernando Antunes)O padre foi afastado da função religiosa (Foto: Fernando Antunes)

O sacerdote foi ordenado padre em dezembro de 2004, se tornando pároco em 2010. Ele permaneceu na função até 2013, quando foi substituído pelo padre Sérgio Coldebella, se tornando vigário da paróquia.

Abuso – De acordo com o registro da polícia, a mãe da vítima levou a adolescente até a Santa Casa no dia 23 deste mês. A garota estava inchada, então a mãe desconfiou de problemas renais, mas ao chegar ao hospital, a vítima contou que foi estuprada por um motociclista, porém não sabia quem era.

Na Depca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), durante depoimento, a menina sustentou a versão de estupro, apontando que conversaria sobre o caso com a mãe, quando chegasse em casa. Na residência ela foi pressionada pelos irmãos e os pais para contar a verdade, quando revelou que o suspeito seria próximo a família e frequentava a igreja.

Com isso a irmã da menina sugeriu o nome do padre, sendo confirmado pela adolescente. A irmã contou a mãe que há alguns meses, Jocerlei enviou uma mensagem pelo aplicativo Whatsapp. A menina disse que o vigário pediu para ela enviar uma foto, porém ela se recusou. Este pedido que levantou a suspeita da irmã de que o religioso poderia ser o responsável pela gravidez.

A Arquidiocese de Campo Grande emitiu nota confirmando a gravidez da adolescente. O arcebispo metropolitano, Dom Dimas Lara Barbosa, informou que o sacerdote foi afastado do exercício público do ministério e irá prestar todos os esclarecimentos à polícia. Também frisou que vai ser dada assistência à adolescente e ao bebê.

O caso também segue sob investigação da Depca. O padre não foi localizado para comentar o caso.



EU ACREDITO QUE SE A MENINA ESTAVA APAIXONADA PELO VIGÁRIO E SE O VIGÁRIO ESTAVA APAIXONADO PELA MENINA , ELE E ELA DEVERIAM TEREM SE PRECAVIDO MAIS , E O VIGARIA DEVERIA TER ABANDONADO A SUA BATINA .
 
antonio gonçalves da silva em 30/09/2015 13:22:04
De acordo com o código penal se uma moça de 15 anos consentir não há crime algum.
 
lili em 30/09/2015 10:01:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions