A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/09/2015 14:23

Rajada de vento de 43,2 km/h derruba coqueiro sobre moto na UFMS

Edivaldo Bitencourt e Alan Diógenes
Coqueiro caiu sobre motocicleta no campus da Universidade Federal (Foto: Marcos Ermínio)Coqueiro caiu sobre motocicleta no campus da Universidade Federal (Foto: Marcos Ermínio)

A Capital começa a sentir os efeitos da chegada de uma nova frente fria e as rajadas de vento chegam a velocidade de 43,2 quilômetros por hora, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). A ventania sem chuva causou a queda de coqueiro de seis metros sobre motocicleta Biz no campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

A queda surpreendeu o dono da moto, o acadêmico de engenharia elétrica, Bruno Conrado, 19 anos, que tinha estacionado o veículo na sombra e ido almoçar. A planta era velha e parte do tronco estava podre.

O assistente administrativo da UFMS, Alberto Pontes Filho, 63, disse que há aproximadamente 15 anos não caia árvore no campus da instituição. Ele contou que trabalha há 36 anos e até o ano 2000 era comum a queda de árvores no local.

O sargento Monteiro, do Corpo de Bombeiros, disse que a corporação só ia remover o coqueiro após a inspeção de seguranças da universidade. Ele explicou que a queda de árvores velhas tem sido comum na Capital.

Segundo o Inmet, a frente fria deve causar chuva e até queda de granizo nesta sexta-feira em Campo Grande. Os termômetros devem marcar entre 25ºC e 35ºC. Amanhã, a previsão é de parcialmente nublado com pancadas de chuvas e trovoadas no período da tarde.

No domingo, conforme o Inmet, também deve chover. A previsão indica chuva na segunda e terça-feira.

Tempo começa a mudar em Campo Grande, onde há previsão de granizo (Foto: Marcos Ermínio)Tempo começa a mudar em Campo Grande, onde há previsão de granizo (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions