A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/05/2011 11:08

Rapaz invade casa de PM e morre após ser agredido por moradores

Marta Ferreira

Um rapaz de 25 anos morreu esta madrugada, em Campo Grande, após invadir a casa de um policial militar, no Jardim Antártica. Segundo as informações da Polícia, a vítima, Eder Atonio de Matos, de 25 anos, foi perseguido pelo policial e moradores, sofreu agressões e uma parada cardíaca.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado por uma equipe da Polícia Militar que foi ao local, para apaziguar os ânimos, mas já encontrou o rapaz morto.

A versão apresentada por pessoas que estavam no local é que Éder estava muito exaltado após ser flagrado e teria começado a passar mal.

O caso foi registrado na Polícia Civil como morte a esclarecer. A investigação vai definir se o rapaz passou mal ou se morreu em decorrência das agressões.

Segundo as informações do boletim de ocorrência da PM, Eder foi flagrado no quintal da casa de um policial militar por volta da meia-noite, na rua Antônio César Moreira.

Houve perseguição e tumulto na rua e as pessoas foram se juntando e passaram a agredir o rapaz. Não foram informados detalhes de como ocorreram as agressões e das circunstâncias em que o jovem sofreu a parada cardíaca.

Cinco testemunhas foram ouvidas na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piragininga, onde o caso foi registrado.

A suspeita é que a vítima fosse usuário de drogas. No bolso dele foi encontrada uma pipa, normalmente usada para consumo de pasta-base de cocaína ou de crack e ainda uma pequena porção de droga.

A perícia técnica esteve no local para identificar o que causou a morte.



Não quero defender nem acusar a ninguém ,mas verdade seja dita se quem tivesse sido morto fosse o policial o caso seria encerrado com algumas passeatas em defesa do policial um trabalhador pai de familia que estava em sua casa sem fazer mal a ninguém .E o ladrão jamais seria preso nem mesmo encontrado,isto é fato vemos todos os dias nos jornais.
E digo mais a pessoa quando se droga pela primeira vez ela ainda não é um viciado,portanto entra no mundo das drogas por livre e espontânea vontade e leva junto com ele para uma terrível vida de destruição toda sua familia.Tenho a horrível dor de ter enterrado meu pai morto pelas mãos de um drogado,e mais dolorido ainda por este drogado ser meu irmão,portanto filho matando pai por dinheiro pra sustentar o vicio.
OBS. deixo os meus pesares a familia e que Deus conforte os corações
 
Andreia cardoso em 11/05/2011 09:21:43
Não se pode negar que a sociedade vive refém da bandidagem que vive solta por aí e que existem bons policiais que atuam previnindo e inibindo muitas ações desses meliantes que se não fossem contidos espalhariam um terror maior. Mas daí, em plena rua, tendo já imobilizado o infrator, arbritar sua morte??? Aceitar isso como solução para se acabar com a bandigagem é o mesmo que retroceder aos tempos do faroeste. Não é esse o papel de policiais, aposentados ou não. O que se espera é que façam cumprir a justiça, falha como possa ser. E se amanhã formos nós, por uma infeliz sorte confundidos com um bandido, aceitaríamos a mesma sorte???
 
Venilto Rocha de Oliveira em 07/05/2011 11:40:56
Apurar? Temos é que comemorar, menos um verme pra invadir a casa de trabalhadores, o povo já não suporta mais, chega desses pesos para a sociedade, já foi tarde.
 
Claudio Arantes - CG/Amambai em 06/05/2011 12:19:30
quem sera que e verdadeiramente bandido agora
quem tava tentando roubar ou quem assasino o rapaz me desculpem mas justiça pelas proprias mãos nunca a ninguem e dado o direito de tirar a vida do outro essa morte vai passar impune afinal era so um landronzinho que nem deve ter familia pra potestar por ele
chaga de violencia gente cada dia as pessoas tão mais violentas sem humanidade sem nenhum amor ou caridade ao proximo e o que e o pior a vida humana não tem mais valor algum não to defendedo jamais faria isso so qu violencia fera violencia
 
soraia lombardi em 06/05/2011 11:55:20
Não podemos começar a praticar as leis com as proprias mãos,isto serve de alerta senhores governates o povo ja esta com os nervos a flor da pele.E isso é perigoso.o governo fala em equipamento,otimo porém temos que investir no humano ou seja falta mais policiais para tranquilidade da comunidade,pois quando há honda diminui o trânsito de desocupados.falei
 
Luiz Carlos Santos Messias em 06/05/2011 11:50:54
MENTIRA!!! NÃO FOI A POPULAÇÃO QUE MATOU ESSE RAPAZ, FORAM OS PRÓPRIOS POLICIAIS MILITARES. ESTAVA NA JANELA DE MINHA CASA E VI TUDO. ELE GRITAVA PELO AMOR DE DEUS PARA OS POLICIAIS O LARGAREM E NÃO O MATAREM. ACONTECE QUE UM POLICIAL FARDADO O PRENDEU NO MEIO DE SUAS PERNAS, O OUTRO DEU UMA GRAVATA E O OUTRO POLICIAL FARDADO BATEU E PRENSOU A SUA CABEÇA NO CHÃO. ISSO É ASSASSINATO. ATÉ QUANDO VAMOS VER E ATURAR ISSO? OS POLICIAIS MILITARES AINDA FALOU QUE ERA PARA OS VIZINHOS DIZEREM QUE FOI TODO MUNDO QUE AGREDIU AQUELE POBRE RAPAZ QUE PEDIU ATE O ULTIMO MOMENTO PARA VIVER. QUEM VAI NOS PEOTEGER SE OS POLICIAIS ESTÃO MATANDO NA NOSSA CARA E AINDA MANDA A GENTE MENTIR PARA COBRIR UM ASSASSINATO QUE ELES POLICIAIS FIZERAM
 
Pedro Brites em 06/05/2011 11:18:00
O certo é de chamar todos que participaram deste evento e dar-lhes medalhas de honra, pois são cidadãos de bem cansados com o marasmo e negligência das "autoridades", e ainda querem apurar o caso, garanto se estivesse no quintal de alguma autoridade era caso encerrado e arquivado. ACORDEM CIDADÃOS, nós somos os que pagam.
 
jose da silva em 06/05/2011 03:14:28
Que maravilhaaaaaaaaaaaa.

Se acontecesse com todos estes bandidos isso........
 
julio cesar silva em 06/05/2011 01:18:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions