A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

02/09/2017 11:07

Recapeamento em parceria com Águas é suspenso por impasse judicial

Serviço que faz parte de acordo com a prefeitura foi suspenso temporariamente em 15 ruas

Izabela Sanchez e Renata Volpe Haddad
Máquinas trabalhado em rua. (Foto: Divulgação/PMCG)Máquinas trabalhado em rua. (Foto: Divulgação/PMCG)

O recapeamento de 15 ruas, que começou a ser realizado pela concessionária Águas Guariroba, foi suspenso temporariamente. Na manhã deste sábado (2), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) afirmou que a interrupção ocorreu "por um contratempo jurídico".

"O que me foi passado é que teve um contratempo contratual e que quando fosse resolvido juridicamente o trabalho seria retornado. Não sei qual é o contratempo, porque o contrato não é firmado pela Prefeitura, e sim pela Águas e e pela empreira contratada por eles", comentou o prefeito.

Recapeamento - As ruas em questão precisam de recapeamento por conta de obras realizadas pela empresa. De acordo com a administração municipal, serão investido R$ 7 milhões para recuperar 22 quilômetros de asfalto. Em julho, a Prefeitura explicou que as reformas devem evitar que infiltrações de água pelas trincas dos pavimentos voltem a provocar problemas de afundamentos e buracos.

O levantamento das ruas foi feito entre a empresa e a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos). Ainda de acordo com a prefeitura, a solução é o recapeamento total da rua. A maior parte dos 22 quilômetros já receberam o tapa-buraco neste ano. Segundo a Sisep, esta técnica previne o aparecimento de novos buracos e garante mais 15 anos de vida útil para o asfalto.

A reportagem entrou em contato com a concessionária, por meio da assessoria de imprensa,mas como hoje não há expediente administrativo, as informações só devem ser repassadas na segunda-feira.

A parceira com a prefeitura estabelece obras na Rua Padre João Crippa, entre as avenidas Afonso Pena e Mato Grosso; Dom Aquino, entre a Avenida Ernesto Geisel e Rua 25 de Dezembro; Antônio Maria Coelho, entre Avenida Ernesto Geisel e Rua 25 de Dezembro; Avenida Mascarenhas de Moraes, entre as avenidas Coronel Antonino e a Tamandaré.

Também estão na lista as ruas Raul Pires Barbosa, entre as ruas Ceará e Jeribá; Santana, entre a Avenida Eduardo Elias Zahran e a Rua do Cruzeiro; Pontalina, entre a Rua Vitor Meireles e a Avenida Guaicurus; Yokoama, entre a rua Café Filho e Engenheiro Amélio Carvalho Bais; Rodolfo José Pinho, entre a Rua José Antônio e Avenida Eduardo Elias Zahran.

A lista compreende ainda a Avenida Rachid Neder, entre a Avenida Ernesto Geisel e Rua Dolor Ferreira de Andrade; Senador Filinto Muller, entre as avenidas Manoel da Costa Lima e George Chaia; Manoel Inácio de Souza, entre as ruas Hermelita de Oliveira Gomes e Espírito Santo; Pedro P. S. Oliveira, entre a Marginal Bálsamo e Marginal Lageado; Amazonas, entre as ruas Salinas e Enock Vieira de Almeida; Antônio Moraes Ribeiro, entre a Avenida Tamandaré e a Rua Januário Barbosa.

Juiz ganha R$ 20 mil após processar vizinhos por festas com som alto
O juiz federal Ricardo Damasceno de Almeida e a esposa dele, Melissa Bonfim Damasceno, vão receber uma indenização de R$ 20 mil, resultante de uma aç...
Dois são presos depois de pedir R$ 100,00 de resgate por celular perdido
Dois rapazes, de 22 e 27 anos, foram presos em flagrante na tarde desta quinta-feira (21) pelo crime de extorsão. Lucas Antônio Luges Vicente e Rodri...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions