ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Receitas do Programa Farmácia Popular são prorrogadas por até 6 meses

Por Adriano Fernandes | 31/03/2020 21:54
Pratileira repleta de medicamentos genéricos. (Foto: Divulgação Senado)
Pratileira repleta de medicamentos genéricos. (Foto: Divulgação Senado)

Para evitar aglomerações e, consequentemente o risco de contágio do novo coronavírus SES (Secretaria de Estado de Saúde), ampliou o prazo da validade das prescrições de medicamentos do Programa Farmácia Popular, por até seis meses.

A resolução foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (31) e prevê a autorização da venda e dispensa de remédios sujeitos à prescrição médica ou odontológica mediante apresentação de receita gerada ou enviada por meio eletrônico.

As regras e tipos de remédio que se enquadram nos prazos estão especificados através deste link.

Na última semana, também foi autorizada na Casa da Saúde a renovação de receitas e laudos médicos por mais três meses, durante a pandemia do coronavírus. Os medicamentos podem, inclusive, ser dispensados para pessoas autorizadas, mediante apresentação da cópia do documento pessoal com foto e de declaração assinada pelo paciente ou responsável legal.

“Com a resolução, o paciente mantém o recebimento dos medicamentos, sem ter que necessariamente passar pelo médico para renovação do laudo por mais 3 meses. Isso vai otimizar os atendimentos realizados, evitando filas e diminuindo fluxo a aglomeração de pessoas na área interna da Casa da Saúde”, concluiu coordenadora geral de assistência farmacêutica do Estado, Josy Mariane Thaler Martini Rocha,

Os medicamentos não controlados poderão ser dispensados para tempo maior que 30 dias dependendo da vigência do laudo e do estoque disponível.