A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/09/2011 21:39

Rejeitados, “dogueiros” não sabem onde vão parar

Paulo Fernandes e Paula Maciulevicius
Vendedores de lanches permanecem na avenida Afonso Pena, sem saber qual rumo vão tomar (Foto: João Garrigó)Vendedores de lanches permanecem na avenida Afonso Pena, sem saber qual rumo vão tomar (Foto: João Garrigó)

O pedido de moradores ao MPE (Ministério Público Estadual) para embargar as obras na Praça Aquidauana aumentou o clima de indefinição entre os vendedores de lanches e cachorro-quente, conhecidos como “dogueiros”.

Eles não sabem onde vão parar. “Estamos esperando para ver no que vai dar. Moradores não querem que a gente vá para a Praça Aquidauana e no Horto também não queriam”, diz Natanael Garcia Gomes, de 28 anos. “Ninguém sabe como vai ser, nem o prefeito sabe o que vai fazer”, acrescentou.

Para o “dogueiro”, o movimento deverá despencar, independentemente de qual for o novo endereço da categoria que trabalha no canteiro central da avenida Afonso Pena. “Metade (do movimento) deve cair imediatamente”, diz.

Natanael sugere que a Orla Morena se torne o novo endereço de venda de lanches e refrigerantes. “Se for na praça, vai ficar um em cima do outro”, disse. “Se vão aprontar a Orla Morena até dezembro, que já comecem a fazer quiosque para gente”.

Os clientes continuam a comprar os lanches normalmente na Afonso Pena, mas sempre perguntam para onde serão levados “dogueiros”.

“A obra de revitalização da Afonso Pena está chegando mais perto e isso já vai prejudicar o movimento”, diz o comerciante Alvaro Bittencourt, de 27 anos. “Toda mudança gera expectativa negativa, principalmente quando não sabe para onde vai”, resume.

Para ele, a melhor solução seria a destinação de um lugar fixo, uma praça de alimentação ao ar livre.

Cliente dos “dogueiros”, o marceneiro Cícero dos Santos, de 47 anos, acredita que a saída dos vendedores da principal avenida de Campo Grande irá acabar com uma característica importante da cidade.

“Igual a Feirona: tiraram, colocaram ali. Só fui uma vez. Perdeu a característica de feira”, afirmou.

“A prefeitura devia ter um lugar certo para eles”, acrescentou a comerciante Francisca da Silva, de 47 anos.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Um sugestão também seria um local que já está sendo revitalizado pela prefeitura aonde ficava os trilhos no trecho da Calogeras até a Barão.
 
Waldilei borges em 24/09/2011 11:53:48
O Parque nos altos da Afonso Pena seria um bom local para os Dogueiros.
 
Iza Mello em 24/09/2011 05:40:09
SE GUISEREM MANDAR ELES PARA A PRAÇA DO PAPA MAS VOU LOGO AVISANDO ELES VÃO FALIR,LÁ É MUITO ESCONDIDO NÃO TEM NENHUM MOVIMENTO.DEIXA ELES ONDE ESTÃO MESMO NÃO MEXE NO QUE TA QUIETO.
E OUTRA COIDA PODE ATE TER DOGUEIROS RICOS MAS TEM TRABALHADORES POBRES TANBÉN LÁ E QUE TEM FAMILIA PARA SUSTENTAR ISTO TEM QUE SER BEM PENSADO.
 
ROSANGELA DE MELO em 22/09/2011 12:23:43
Não suo dogueiro ,mas sou trabalhador e sou humano acho que os dogueiros tem direitos adquiridos pelo tempo que eles trabalham nesta atividade, e são muito importante para a cidade e já é tradicional, faz parte da cultura campograndense principalmente da juventude, eles terão que ser deslocados para um local compativel com o que estão. É uma profissão digna e terão que ser respeitados.
 
porfirio vilela em 22/09/2011 11:20:11
Há muitas reclamações do barulho provocado por eles e seus clientes com sons altos e potentes. O local que deveriam se acomodar seria onde não tivesse muitas residencias. Praça Aquidauana não é um local adequado.
 
Jose Igatoro em 22/09/2011 11:19:59
Triste,... estamos comentando de trabalhadores, pais de familia que ralam muito. Vamos respeitá-los! Pensa que todo os sutento da familia está em clima de indecisão. Todos são legalizados perante a prefeitura, mantem os empregados registrados, tem gente que está ali a mais de 10 anos, bem que o Sr. Prefeito poderia alocalos nos altos da Afonso Pena, vamos fazer uma enquete! Altos A.P. Já
 
Sidnéia Rodrigues em 22/09/2011 10:54:43
SERÁ QUE ELES PAGAM IMPOSTOS PARA QUEREREM EXIGIR ALGO? COMO ESCREVEU O 1º COLEGA, SÃO TODOS RICOS COM CARRÕES E MOTONAS, PARA O PREFEITO COMEÇAR A ESQUENTAR CABEÇA COM ELES, TEM QUE COMEÇAR A COBRAR ALGO DELES TBEM!!!!
 
ROGER DELPINA em 22/09/2011 10:17:37
tem dogueiro que ta rico, tem f 250, moto, carro, e o sgte se esse negocio da dinheiro, faz igual todo mundo que tem um comercio, abre uma porta, contrata funcionario paga os direitos, e se estabiliza, igual todo mundo que paga impostos, tem que parar com essa mania de esperar caridade do poder publico, igual sem terra, quer ganhar terra sem comprar, eu e que nao do meus pulos cedo nao,.
 
luiz fernandes em 22/09/2011 08:58:41
Toda mudança gera desconforto, cabe a prefeitura em alocar esses trabalhadores da melhor forma possivel para não gerar prejuizos, pois, se tratam de familias inteiras que depende da venda de lanches para tirar seu sustento. Em contra partida os dogueiros devem apoiar as mudanças que são necessárias para a revitalização da nossa cidade e nesse ponto toda a população da nossa cidade será beneficiada
 
Armando Bernal em 22/09/2011 08:11:18
De acordo com o marceneiro a saída dos dogueiros da Afonso Pena "irá acabar com uma característica importante da cidade.Igual a Feirona: tiraram, colocaram ali. Só fui uma vez. Perdeu a característica de feira".... pombas! A Afonso Pena não é feira... que pensamento mais provinciano! A Afonso Pena é a principal avenida da cidade, é nosso maior cartão postal e merece respeito e ser mais valorizada.
 
Carol Oliver em 22/09/2011 08:05:05
DESCULPEM-ME M.PÚBLICO, E A POPULAÇÃO ALÍ CIRCUNDANTE, A ATIVIDADE COMERCIAL DOS DOGUEIROS É REGULAMENTADO PELA PREFEITURA, DESDE QUE EXIJA HIGIENE, MORAL E BONS COSTUMES, É UMA ATIVIDADE COMERCIAL, QUE VEM ATENDER TANTO COMERCIANTES COMO CONSUMIDORES, A PREFEITURA É QUEM DELIMITA E TEM AUTORIDADE, PARA LIBERAR AS ATIVIDADES LEGAIS, E ELES SÃO LEGAIS, SÓ FALTAM TALVEZ, PERSONALIZAREM JURIDICAMENT
 
PEDRO BRAGA em 22/09/2011 07:49:02
Nosso Prefeito está muito certo de tirar os "dogueiros" nossa cidade está em pleno desenvolvimento não podemos ter barraquinhas na Principal Avenida de campo grande,
ali ninguém paga impostos o certo é fazer um lugar para vocês igual fez na nossa feira central.
 
Jefferson Pereira em 22/09/2011 07:13:45
MANDA ELES PRA PRAÇA DO PAPA!! VOU GOSTAR MUITO DE PODER TER OPÇOES DE LANCHE PERTO DA MINHA CASA E NAO VOU ME INCOMODAR NEM UM POUCO!!
 
CARLOS DAMASCENO em 21/09/2011 10:48:31
Duas alternativas possíveis para esse dilema: 1º) Altos da Av. Afonso Pena, lá junto a "Cidade do Natal". A Prefeitura poderia deixa-los fixos naquele espaço, cobrando-lhes certa contrapartida social em datas especiais; 2 º) Que cada um alugue ou compre um espaço (loja) na cidade, constitua empresa como qualquer outra, pague impostos, etc, etc. Afinal, praças e calçadas são de uso coletivo.
 
Fernando Silva em 21/09/2011 10:34:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions