ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Saída para Cuiabá terá vistoria e pontos de descarte contra a dengue

Ações serão promovidas pelo programa "Meu bairro limpo", da Prefeitura de Campo Grande

Por Cassia Modena e Antonio Bispo | 30/04/2024 10:45
Vistoria em casa da região Anhanduzinho, por onde a "Meu bairro limpo" já passou (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)
Vistoria em casa da região Anhanduzinho, por onde a "Meu bairro limpo" já passou (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)

Moradores dos bairros localizados na saída para Cuiabá, em Campo Grande, recebem a partir de hoje (30) as ações do programa "Meu bairro limpo", um mutirão contra a dengue promovido pela prefeitura.

A prefeita Adriane Lopes (PP) fez o lançamento nesta manhã, na quadra de esportes da Escola Municipal Elpídio Reis. É a quarta região da cidade a recebê-lo.

Agentes comunitários de saúde já começaram a realizar as vistorias em casas e terrenos dos bairros. Serão também instalados pontos de descartes de lixos como pneus, móveis e eletrodomésticos danificados, além de tudo o mais que puder servir de criadouro para o mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença, a chikungunya e a zika. Só não serão aceitos resíduos de poda de árvores e entulhos de construção.

Os pontos ficarão instalados nos seguintes locais, de hoje até 10 de maio:

  • Rua Marques de Herval entre as Ruas Caldeiras e Guanambi;
  • Ecoponto do Jardim Noroeste - Rua Guarulhos, 788;
  • Avenida Valdomyra Coelho Netto, entre as Ruas Agrinomia e Ubatuba, também no Jardim Noroeste.

Sob controle - Participou do lançamento a superintendente de Vigilância em Saúde do município, Veruska Lahdo. Ela destacou que "Campo Grande não vive uma epidemia de dengue", pelo que é percebido nos dados da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

A superintendente de vigilância em saúde da Capital, Veruska Lahdo (Foto: Marcos Maluf)
A superintendente de vigilância em saúde da Capital, Veruska Lahdo (Foto: Marcos Maluf)

"São quase 7 mil casos de dengue em Campo Grande, porém, nenhum desses casos é grave. A Capital também não notificou morte por dengue. Essa ação visa diminuir esses casos, que todos os anos são bastante altos. É preciso tomar todos os cuidados necessários para que a situação não fique pior", falou a superintendente.

Dados por região - O coordenador do controle de vetores do município, Vagner Ricardo dos Santos, repassou dados do que já foi encontrado nas outras três regiões da Capital que já receberam o "Meu bairro limpo".

No Anhanduizinho, foram inspecionados 11.732 imóveis, eliminados 7.479 possíveis criadouros e encontrados e eliminados 442 focos do mosquito.

No Lagoa, foram visitados 13.800 imóveis, eliminados 9.874 possíveis criadouros e encontrados e eliminados 476 focos.

Já na região Bandeira, foram inspecionados 19.268 imóveis, eliminados 8.973 possíveis criadouros e encontrados e eliminados 863 focos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias