A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

25/11/2014 20:25

Secretaria de Educação abre 675 vagas para Projeto Traje

Alan Diógenes
Diretor da instituição explica que alunos desenvolvem atividades diferenciadas das escolas tradicionais. (Foto: Pedro Peralta)Diretor da instituição explica que alunos desenvolvem atividades diferenciadas das escolas tradicionais. (Foto: Pedro Peralta)

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) informou a abertura de 675 vagas para o Projeto Traje (Travessia Educacional do Jovem Estudante). Os pais interessados devem procurar a Escola Municipal Osvaldo Cruz, na Avenida Noroeste, no Centro da Capital, no período de 8 de dezembro a 30 de janeiro do ano que vem.

Conforme o diretor adjunto da unidade, Maurício Macedo Vieira, o projeto visa atender alunos de 15 a 17 anos que possuem uma defasagem escolar. “O MEC (Ministério da Educação) tem uma preocupação com estes alunos que repetiram de ano. Dentro do projeto, eles podem estudar, além das disciplinas tradicionais, desenvolver atividade como xadrez, futsal, boxe, robótica, etc”, explicou.

Os estudantes ficam na escola em período integral. Na parte da manhã e da noite estudam as principais disciplinas curriculares, e durante a tarde desensolvem as atividades já citadas pelo diretor, que fazem parte do Programa Mais Educação do MEC.

Maurício conta que o projeto surgiu no dia 29 de março de 2010 e ainda está em fase experimental. Para ele, as vezes o aluno repetente fica desanimado com os estudos e procuram o mercado de trabalho de uma forma mais precoce.

“Quando reprovam, eles pensam até mesmo em desistir dos estudos. Então, o projeto serve como atrativo para eles que aprendem aqui o que é empreendedorismo e desenvolvimento social, ou seja, é uma preparação para o mercado de trabalho”, finalizou Maurício.

Serviço - Para se matricular no projeto é preciso ter idade mínima de 15 anos completos e de no máximo 17 anos.Também é preciso apresentar ementa curricular, quando necessário; cópia do cartão do Programa Bolsa Família, quando for o caso; laudo médico, em caso de aluno com deficiência, certidão de nascimento (original e fotocópia); guia de transferência ou atestado/declaração de escolaridade; cópia do documento que comprove oficialmente a guarda do menor, quando for o caso; cópia do CPF e RG dos pais ou responsável legal e cópia do comprovante de residência (água, luz ou telefone) do responsável legal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions