A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

17/01/2020 18:48

Segurança preso com pornografia infantil abusava de netas da namorada

Ele foi denunciado na da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) pelas mães das meninas

Geisy Garnes
Suspeito chegando a delegacia, preso, na manhã desta sexta-feira (Foto: Marcos Maluf)Suspeito chegando a delegacia, preso, na manhã desta sexta-feira (Foto: Marcos Maluf)

O segurança patrimonial, de 40 anos, preso nesta sexta-feira (17) com imagens de pornografia infantil no celular também é investigado por abusar sexualmente de duas netas da namorada, de 10 e 11 anos. Ele foi denunciado na Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) pelas mães das meninas.

O caso, segundo a delegada Franciele Candotti Santana, foi denunciado nesta quinta-feira (16). “As vítimas são primas. Ontem as mães delas encontraram um pen drive na casa do suspeito, acharam que era de música e colocaram na televisão, mas descobriram vários vídeos e fotos envolvendo crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito”.

Ainda conforme a delegada, as duas meninas também estavam na sala e uma delas começou a chorar ao ver os vídeos. Preocupada, a mãe perguntou o que estava acontecendo, e a criança contou quer era abusada pelo namorado da avó quando iam a casa dela. Depois disso, a prima também relevou ser vítima do segurança.

As mães das crianças procuraram a delegacia, entregaram o pen drive para a polícia e contaram sobre o estupro das filhas. Nesta manhã, equipes da delegacia especializada foram até o trabalho do segurança, que entregou o celular aos investigadores. No aparelho foram encontradas vários vídeos e imagens de sexo explícito envolvendo crianças.

Por conta disso, foi preso em flagrante por adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. Ainda conforme Franciele, não é possível afirmar que entre o material tenha fotos das duas vítimas tiradas por ele.

Na delegacia, o suspeito preferiu ficar em silêncio. “Ele foi preso em flagrante por armazenar imagens de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança e será indiciado pelo estupro das duas meninas”, reforçou a delegada. O homem passou por exames no Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) e foi levado para uma cela da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions