A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/02/2011 10:25

Sejusp testa tornozeleira de monitoramento em presos do semiaberto

Aline Queiroz

Somente ao fim do teste será analisada implantação do sistema

A Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) iniciou esta semana o teste com tornozeleiras eletrônicas para monitoramento de presos.

Nesta etapa, 15 detentos que cumprem pena em regime semiaberto no Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, a antiga Colônia Penal, usam as tornozeleiras.

O projeto será analisado até o fim do mês e, somente ao fim do teste, a Sejusp analisa se o modelo poderá ser implantado.

A Sejusp levará em consideração o preço dos equipamentos, segundo informações repassadas pela assessoria de imprensa.

Em agosto do ano passado, o governador, André Puccinelli (PMDB), vetou o projeto de Lei que previa o uso de tornozeleiras eletrônicas para vigiar presos perigosos em Mato Grosso do Sul.

Pela proposta, o dispositivo, que funcionaria como um GPS que tem uma central em computador para informar onde os presos estão e os horários de entrada e saída dos presídios.

Desta vez, a empresa dona da tecnologia cedeu os equipamentos para o teste. A análise também é feita no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.



Dedé, porque vetou o projeto anteriormente?
 
Antônio Marcos Alencar em 09/02/2011 10:31:30
dependendo de qual empresa for receber o dinheiro pelo monitoramento (pois os órgãos de segurança não tem estrutura para isso) o negócio sai rapidinho.
 
joao de deus em 09/02/2011 02:39:56
ISSO MESMO TESTEM AS TORNOZELEIRAS, QUEM SABE ASSIM DIMINUIRÁ OS CRIMES FEITOS POR ALGUNS PRESOS EM REGIME SEMIABERTO QUE NÃO QUEREM NADA DE CERTO NA VIDA. E PROTEJER OS QUE QUEREM SE RESSOCIALIZAR!
 
tatiane rezende vieira em 09/02/2011 01:33:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions