ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Sem agenda, governo prepara outro local para testes rápidos de coronavírus

Atendimento no Parque Ayrton Senna também será dobrado nos próximos dias, de acordo com o Corpo de Bombeiros

Por Gabriel Neris | 05/07/2020 11:12
Motorista passa por testagem no drive thru da Capital (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Motorista passa por testagem no drive thru da Capital (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

Diante da alta demanda de testes rápidos da covid-19 no drive thru montado no Corpo de Bombeiros, no Centro da Capital, o governo do Estado prepara um novo espaço para atendimento.

Não há mais agenda para teste rápido (feito a parto de gota de sangue extraída de um dedo) no quartel central até 31 de julho e também não haá previsão para abrir a agenda de agosto. O exame RT-PCR, analisado através de material coletado do nariz, segue com agendamento, mas o paciente precisa apresentar os sintomas e passa por questionário.

De acordo com o coronel Marcello Fraiha, coordenador da testagem, o novo espaço deve ser anunciando nos próximos dias, mas não será no mesmo formato de drive thru.

O coordenador também informou que o atendimento no polo do Parque Ayrton Senna, onde a testagem é feita a partir da espontânea, será dobrado a partir da próxima semana. “Serão mais 150 testes”, avisa.

Sobre a falta de agendamento no drive thru do quartel central, onde são realizados 109 exames RT-PCR e 140 testes rápidos diariamente, o coronel do Corpo de Bombeiros informou que “há excesso de procura". "A procura está demasiadamente grande. Se eu posso abrir dez pontos [de testagem], todo mundo vai querer ser testado e na pior fase do surto”, diz.

Diante deste cenário, o coordenador de testagem alerta a população para o distanciamento social. “É uma bola de neve. Quanto menos se cuidarem, mais vão querer [testes]. A estrutura está sobrecarregada. Quando chega ao nosso limite, direcionamos para o Parque Ayrton Senna”, completa.