A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/12/2015 17:31

Sem água e banheiro, contemplados esperam chave de imóvel há seis horas

Thiago de Souza
Contemplados vão em busca das chaves dos 810 imóveis no Portal Caiobá. (Foto: Gerson Walber)Contemplados vão em busca das chaves dos 810 imóveis no Portal Caiobá. (Foto: Gerson Walber)
Água foi entregue mas acabou por volta das 13 horas. (Foto: Gerson Walber)Água foi entregue mas acabou por volta das 13 horas. (Foto: Gerson Walber)

Mulheres, idosos e gestantes contemplados com uma casa no Residencial Celina Jallad, no Portal Caiobá, em Campo Grande aguardam, desde a manhã de hoje (22), para receber as chaves das 810 unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida, entregues hoje pelo prefeito Alcides Bernal, governador Reinaldo Azambuja e pela presidente Dilma Rousseff, que participou via telão. Eles reclamam de tratamento desumano, pois enfrentam fila há mais de seis horas em baixo de sol quente, sem água e sem banheiro.

Segundo a futura moradora do residencial, Ariedna da Silva Ferreira, 30, durante o evento foram oferecidas água e banheiro, porém assim que as autoridades foram embora nada mais foi colocado a disposição.

Ariedna, que é estudante de enfermagem, diz que as chaves das casas são entregues no refeitório da empresa incorporadora e ressalta que, por volta das 16h30, ainda havia 182 pessoas na frente dela. “Tem um monte de idoso, criança, a gente perdeu maior tempo ouvindo a Dilma falar besteira”, reclamou.

Em um vídeo enviado pelo Whatsapp, os moradores denunciam o descaso dos organizadores. Nas imagens é possível ver  uma idosa em uma cadeira de rodas, e pessoas usando guarda-sol e até o capacete para se proteger do sol e do forte calor no local. 

A solenidade, marcada para às 10h começou às 12h15, com o discurso da presidente Dilma Rousseff via videoconferência, transmitida para várias cidades do País. Até às 12h30, uma idosa e uma criança precisaram ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros. A mulher sofreu com pressão alta, enquanto o garoto apresentou queda de pressão, sendo ambos medicados e liberados.

Conforme informações da organização, haviam três pontos de distribuição de água no evento, porém o abastecimento acabou por volta das 13h. O gerente regional da Caixa Econômica Federal em Campo Grande, Ubiratan Rebouças Chaves disse que a fila para recebimento das chaves é algo normal, mas que água e banheiro foram disponibilizados para a população. Disse também que no final da tarde o problema já havia sido praticamente solucionado, pois haviam apenas 15 pessoas na fila.   

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions