A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

14/10/2015 10:58

Sem pediatria, Prontomed reabre e expectativa é atender 7 mil ao mês

Flávia Lima
Nova fachada do Prontomed, destinado a pacientes de convênios e particulares. (Foto:Marcos Ermínio)Nova fachada do Prontomed, destinado a pacientes de convênios e particulares. (Foto:Marcos Ermínio)
Diretor-presidente Wilson Teslenco diz que receita do espaço ajuda na manutenção dos serviços do SUS. (Foto:Marcos Ermínio)Diretor-presidente Wilson Teslenco diz que receita do espaço ajuda na manutenção dos serviços do SUS. (Foto:Marcos Ermínio)

Após oito meses fechado para reforma, o Prontomed da Santa Casa da Capital reabriu nesta quarta-feira (14) com a expectativa de atender pelo menos 7 mil pacientes por mês oriundos de planos de saúde e particulares. Antes da reforma, o local atendia média de 4,5 mil pessoas. 

Segundo o diretor-presidente da Santa Casa, Wilson Teslenco, a demora na conclusão das obras foi devido a imprevistos que surgiram durante a reforma. "Cada vez que mexíamos em alguma coisa, aparecia outra", explica.

Além de adequar o espaço a exigências sanitárias, que não passava por reformas há oito anos, foram trocados pisos, forro, batentes, reparos na parte elétrica e hidráulica e pintura 

No total, o hospital investiu R$ 800 mil em recursos próprios na ampliação do setor e compra de equipamentos modernos. O número de leitos passou de 16 para 20, já que quatro leitos do setor de Pediatria, que não foi reativado no local, acabaram sendo incorporados às novas salas de repouso e atendimento.

De acordo com Wilson Teslenco, a impossibilidade de reativar a Pediatria no Prontomed ocorreu devido a dificuldade em estruturar uma equipe específica, porém Teslenco não descarta implantar o serviço novamente no futuro.

Com a reforma, o Prontomed ganhou equipamentos de ponta, que permitem a  realização de exames digitalizados, novo monitores, cinco consultórios, salas de sutura e raio-X, um isolamento e nova farmácia.

"O objetivo foi oferecer um melhor atendimento e conforto aos usuários, que terão acesso a um melhor diagnóstico através dos exames digitalizados", ressalta. O setor gera 15% da receita do hospital, contribundo com a manutenção dos serviços oferecidos pelo SUS. Ano passado o Prontomed atendeu 37.097 pessoas.  

No local atuarão 80 profissionais entre médicos, técnicos e pessoal de apoio. A  novidade será o serviço 24 horas de ortopedia, além da ampliação de plantonistas na emergência. 

 

Novas salas obedecem exigências sanitárias. (Foto:Marcos Ermínio)Novas salas obedecem exigências sanitárias. (Foto:Marcos Ermínio)
Recepção com mais funcionários prometemaior agilidade no atendimento. (Foto:Marcos Ermínio)Recepção com mais funcionários prometemaior agilidade no atendimento. (Foto:Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions