A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/03/2015 12:56

Prontomed deve reabrir em abril; Hospital do Trauma segue sem prazo

Aline dos Santos
Segundo Teslenco, obra espera nova análise do Ministério da Saúde. (Foto: Marcos Ermínio)Segundo Teslenco, obra espera nova análise do Ministério da Saúde. (Foto: Marcos Ermínio)

A Santa Casa de Campo Grande tem duas unidades em situação distintas. Enquanto a reforma do Prontomed deve ser concluída no fim de abril, portanto dentro do prazo; a obra do Hospital do Trauma segue sem previsão de término.

Com custo de R$ 800 mil, a reforma do Prontomed começou em 12 de janeiro deste ano, com previsão de conclusão entre 90 e 120 dias. O setor, que realiza média de R$ 3,6 mil atendimentos mensais, é exclusivo para pacientes particulares e de planos de saúde.

Já o Hospital do Trauma espera uma nova avaliação do Ministério da Saúde sobre a planilha orçamentária do que falta ser executado. “Há uma ação por parte do secretário estadual para que haja celeridade no tratamento disso, isso não aconteceu da ocasião anterior. Mas tem a expectativa que faça essa análise e agora de forma mais rápida”, afirma o presidente da ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande), Wilson Teslenco.

Além disso, o prédio, construído na rua 13 de Maio, ao lado da Santa Casa, só é hospital no nome, pois foi reclassificado como unidade. “Ele nunca vai ser hospital, poque não tem a estrutura mínima para ter um caráter independente. Ele depende do laboratório da Santa Casa, da cozinha, da lavanderia, da administração”, diz.

A previsão era que a construção, autorizada em 25 de junho de 2010, fosse entregue em 2012. Ao todo, o custo chegava a R$ 17 milhões. A obra, que inicialmente seria uma maternidade, já recebeu R$ 9.506.85,79.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions