ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Sem pernas, segundo corpo é encontrado em área incendiada na Capital

O cadáver está em uma vala, a cerca de 500 metros do ponto onde primeiros restos mortais foram achados

Por Anahi Zurutuza, Cristiano Arruda e Ana Paula Chuva | 16/08/2021 12:46
Corpos foram encontrados em área incendiada às margens da BR-262. (Foto: Cristiano Arruda)
Corpos foram encontrados em área incendiada às margens da BR-262. (Foto: Cristiano Arruda)

Sem as pernas, um segundo corpo foi encontrado em área incendiada na BR-262. O cadáver, que parece ser de mulher, está em uma vala a cerca de 100 metros do local onde, no fim da manhã desta segunda-feira (16), foram encontrados restos mortais carbonizados, sem a cabeça e uma das pernas, que são de um homem.

Havia a suspeita que os corpos sejam de vítimas de execução chamada por criminosos de “micro-ondas”, quando a pessoa é colocada em meio a pneus e queimada viva. Em volta dos primeiros restos mortais, havia uma espécie de fibra, que poderia ser de restos de pneus. O método, além de ser usado para tortura nos chamados tribunais do crime, dificulta o trabalho da perícia, pois destrói quase que completamente tecidos, ossos e outras pistas.

De acordo com o delegado Nilson Friedrich, que foi ao local para o registro da ocorrência, a suspeita de execução em pneus foi descartada, porém, depois que a perícia, em análise prévia, descobriu que a fibra, na verdade, é uma espécie de estopa. Para o delegado, o homem e a mulher foram mortos em outro local, esquartejados e levados para a rodovia, onde foram desovados.

Ainda não foi possível determinar se o incêndio começou a partir de fogo colocado nos cadáveres ou se houve queimada depois que os restos mortais foram abandonados no local.

A PM (Polícia Militar) e o Corpo de Bombeiros foram acionados por motociclista que passava pelo acostamento e viu o corpo carbonizado de longe.

Cadáver, que parece ser de mulher, foi achado em vala. (Foto: Cristiano Arruda)
Cadáver, que parece ser de mulher, foi achado em vala. (Foto: Cristiano Arruda)


*Matéria alterada às 13h19 para acréscimo de informações.

Nos siga no Google Notícias