A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

22/01/2018 16:33

Semed abre investigação sobre professor preso por assediar alunos

As vítimas são quatro meninos sendo um de 14, dois de 15 e outro de 17 anos

Guilherme Henri

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) afirmou que apura por meio do departamento jurídico o caso do professor substituto de 34 anos, suspeito de tentar explorar sexualmente pelo menos quatro adolescentes.

Conforme a assessoria, p professor era convocado e no momento não tem nenhum vínculo com a Prefeitura. As vítimas são todos meninos com idades entre 14 a 17 anos. O suspeito enviava vídeos íntimos, pedia outros em troca e conforme a polícia também oferecia dinheiro aos meninos.

Segundo o delegado titular da Depca (Delegacia Especializada de Proteção a Criança e ao Adolescente), Paulo Sérgio Lauretto, o caso chegou a conhecimento da polícia por meio da Devir (Delegacia Virtual).

“As conversas entre professor e alunos eram por WhatsApp e Messenger. Uma das famílias nos entregou diversos prints que comprovam a ação”, detalha o delegado.

Em um dos casos, de acordo com Lauretto, o professor chegou a surpreender um dos alunos dentro do banheiro da escola onde pegou no pênis dele.

O suspeito tem 34 anos e foi preso na casa dele, localizada na Vila Popular, em Campo Grande. Ele é ouvido nesta tarde.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions