A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/05/2015 08:54

Servente se envolveu em discussão por irmão em um bar no domingo, diz PM

Filipe Prado e Luana Rodrigues
Itamar, conforme a PM, se envolveu em uma discussão no domingo (Foto: Marcos Ermínio)Itamar, conforme a PM, se envolveu em uma discussão no domingo (Foto: Marcos Ermínio)

Por causa do irmão, Itamar Coenga, 41 anos, morto na manhã de hoje (20) a tiros no Jardim Montevideu, se envolveu em uma discussão no último domingo (17) com um homem portando uma arma de fogo. Duas pessoas, em uma moto, são suspeitas de matar a vítima realizando cerca de sete disparos em sua direção, sendo que um atingiu o seu capacete, transpassando e atingindo a sua cabeça.

Conforme a Polícia Militar, um homem, que não teve a identidade revelada, foi até o local do homicídio e informou que a vítima discutiu com um rapaz em um bar no Bairro Nova Lima, por conta de uma rixa que ele tinha com o seu irmão. Ainda contou que o rapaz portava uma arma de fogo, mas eles foram contidos antes que entrassem em luta corporal.

A perícia da Polícia Civil averiguou que Itamar foi atingido por quatro tiros no rosto, dois no ombro e um no abdômen. A polícia apontou que um revólver foi usado no crime, por conta dos projéteis deixados no local do crime.

A irmã da vítima, 33 anos, que não quis se identificar, contou que a vítima era reservada e distante da família, mas eles sabiam que ele "tinha alguns envolvimentos com coisas erradas". Agora os familiares estão se unindo para pagar o velório de Itamar, pois ele não possuía convênio com nenhuma empresa funerária.

A Polícia Militar foi acionada e o delegado Bruno Urban, da DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, estão no local para atender a ocorrência, mas os autores ainda não foram identificados, nem a motivação. A vítima possui passagem por homicídio e responde por posse de arma.

Itamar mora no bairro e possui duas filhas de 5 e 7 anos, que leva todos os dias para a escola, mas, de acordo com os vizinhos, hoje não as levou para poder esperar o cunhado. A perícia da Polícia Civil foi acionada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions