A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/01/2016 09:29

Sete minutos livram advogado de MS de ser vítima de explosão em Istambul

Luana Rodrigues
Foto de Felipe Matos feita ás 10h13 locais; explosão na praça foi sete minutos depois, segundo eleFoto de Felipe Matos feita ás 10h13 locais; explosão na praça foi sete minutos depois, segundo ele

O advogado Felipe Mattos, de Campo Grande, aproveitava com a esposa o último dia de férias em Istambul, na Turquia, nesta manhã de terça-feira (12). Às 10h13, fez uma fotografia da praça junto à Basílica de Santa Sofia e à Mesquita Azul, no centro da maior cidade turca e quinta maior do mundo, onde vivem em torno de 14 milhões de pessoas. Apenas sete minutos depois, segundo ele conta, ainda perto dali, ouviu um grande estrondo: uma bomba explodiu no local onde acabara de fazer a foto, matando dez e ferindo ao menos outras 15 pessoas.

"Ouvimos um barulho muito alto de explosão, em seguida vimos muita gente correndo, alguns chorando, rapidamente, questão de cinco segundos, chegou um carro da polícia e em 15 minutos já havia mais de 30 viaturas e um helicóptero", conta o advogado, que é superintendente de legislação do Governo do Estado. Eram por volta das 5h em Mato Grosso do Sul quando ocorreu o atentado. "É uma cidade bastante europeia, tranquila mesmo, e na hora em que houve a explosão, todo mundo começou a correr, desesperado, foi um susto grande", diz.

Mattos enviou ao Campo Grande News a imagem, feita sete minutos antes da explosão. Também registrou, em vídeos, a movimentação de gente e veículos de forças de segurança, incluindo helicóptero, na metrópole turca nos minutos seguintes.

advogado conta que, após a explosão, desistiu do passeio e voltou para o hotel onde ele e a esposa estão hospedados. "Começamos a ver muita polícia na rua, gente correndo, notícias na televisão, e percebemos que poderia ser um atentado. Ai não fomos a nenhum ponto turístico mais, com medo de que houvesse outros".

Mattos e a esposa voltam hoje ao Brasil. O voo de volta já estava marcado antes mesmo do atentado, mas o casal considera um alívio. "Agora, estamos em outro ponto da cidade, está tudo tranquilo, comércio funcionando normalmente, mesmo assim é bom voltar", considera o advogado.

Turística – Conforme o portal Uol Notícias, a explosão pôde ser ouvida a mais de um quilômetro de distância, mas suas causas ainda são desconhecidas. A região tem alta concentração de monumentos históricos e é visitada diariamente por milhares de turistas. 

Ainda segundo o Uol, várias ambulâncias e policiais foram enviados ao local. Imagens divulgadas por canais de TV mostram vários corpos no chão e o deslocamento de vítimas a hospitais. "Investigações sobre a causa da explosão, o tipo de explosão e o autor ou autores estão em andamento", disse o governo em uma declaração divulgada pela agência de notícias Dogan.

Há suspeita de que possa se tratar de um atentado suicida, mas não há confirmação até o momento. Um hotel estaria em chamas em outra região da cidade, no bairro de Maltepe, mas não há confirmação de ligação do incêndio com a explosão.

Imagem feita após a explosão na praça de Istambul (Foto: Kemal AslanReuters)Imagem feita após a explosão na praça de Istambul (Foto: Kemal AslanReuters)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions