ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Sistema cai no Polo Ayrton Senna e população em busca de exame perde a viagem

Sesau confirmou que sistema usado para lançar as informações de exames de covid-19 está em manutenção

Por Marcos Rivany | 23/09/2020 17:06
Imagens enviada ao Campo Grande News mostra polo de atendimento vazio nesta tarde (23). (Foto: Direto das Ruas)
Imagens enviada ao Campo Grande News mostra polo de atendimento vazio nesta tarde (23). (Foto: Direto das Ruas)

Moradores que buscavam atendimento na tarde desta quarta-feira (23) no Polo de Atendimento do Parque Ayrton Senna, no Aero Rancho, deram com a cara na porta. Só no local é que a população descobria que o “sistema caiu” e que o atendimento que deveria se encerrar às 19h, acabou mais cedo.

Uma educadora relatou ao Campo Grande News que ela e a filha tiveram contato com pessoas infectadas pelo novo coronavírus. A menina está com sintomas. Durante todo o dia, a mulher buscou atendimento na UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro Tiradentes e também convênio médico. O direcionamento de ambos os locais foi para ela ir até o polo, sem sucesso.

Com a falta de atendimento, as duas tiveram que se dividir entre pagar carro de aplicativo e pegar ônibus para voltar até o Jardim Noroeste. Nesta quinta-feira (24), mãe e filha terão de voltar ao polo. “Quando eu cheguei lá, perto das 16h, tinha muita gente indo embora, que saiu reclamando”, disse a educadora, que não quer ser identificada.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), por meio da assessoria, confirmou que sistema usado para lançar as informações de quem faz exames para covid-19 está em manutenção e deve seguir assim até às 17h30. Disseram também que em casos como o que acontece hoje, os atendimento deveriam ser feitos de forma manual e que o polo não deixou de atender paciente. O que não aconteceu, segundo relatos da população.

O polo - No dia 18 deste mês, a Sesau informou que os atendimentos no polo do Parque Ayrton Senna só vão acontecer até o dia 30 de setembro, depois de 6 meses funcionando.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário