A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

23/05/2019 17:03

Sob risco de multa, Consórcio anuncia 55 novos ônibus para novembro

Serão investidos R$ 17 milhões para reforço da frota de coletivos, na Capital; caso contrário, multa pode chegar a R$ 2,7 milhões

Liniker Ribeiro e Humberto Marques
Ônibus do transporte público em ponto de grande movimento na Praça Ary Coelho (Foto: Arquivo)Ônibus do transporte público em ponto de grande movimento na Praça Ary Coelho (Foto: Arquivo)

O Consórcio Guaicurus voltou atrás e anunciou já ter feito o pedido para aquisição de 55 novos ônibus para o transporte público da Capital. De acordo com a empresa, o investimento será de R$ 17 milhões e os veículos devem começar a circular em novembro deste ano. A medida foi confirmada pelo prefeito Marquinhos Trad, na tarde desta quarta-feira (23).

Ainda segundo o chefe do executivo municipal, a prefeitura aguardava decisão da Justiça para por em prática a autuação prevista em contrato, caso novos veículos não fossem adquiridos. “Não é só autuar e multar. Existem prazos legais, eles (do Consórcio) recorreram, a Justiça nos deu prazo para contestar e, para que não haja decisões conflitantes – entre executivo e Justiça – estamos esperando a decisão judicial”, revelou Marquinhos.

A estimativa de multa para o Consórcio Guaicurus é de R$ 2,7 milhões, conforme previsto em contrato, caso não sejam trocados 9% da frota de veículos. A principio, a empresa chegou a afirmar que não promoveria investimentos no momento com a justificativa o cenário econômico.

Porém, conforme o Consórcio, foi levado em consideração o fato de que no segundo semestre deste ano será quitado contrato de financiamento, o mesmo ocorrendo no início do ano que vem, e dessa forma optou por adquirir os 55 novos ônibus.

Quanto ao prazo para entrega, o Consórcio Guaicurus afirmou que a Marcedes Bens só conseguirá entregar os chassis à Marco Polo, que fornecerá os novos coletivos, em um prazo de 30 a 90 dias, ou seja, até 30 de setembro. O prazo é devido a problemas com alagamento na fábrica da empresa. Porém, o prazo de entrega dos novos ônibus para novembro se manterá.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions