A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018

10/02/2011 18:10

Suspeito de integrar quadrilha nega envolvimento em sequestro, mas entra em contradição

Paula Vitorino e Viviane Oliveira
Anderson foi apresentado na tarde de hoje. (Foto: João Garrigó)Anderson foi apresentado na tarde de hoje. (Foto: João Garrigó)

O acusado de participação no sequestro de três jovens na madrugada de hoje (10), Anderson Manuel da Silva, 30 anos, nega envolvimento com o crime, mas entrou em contradição durante depoimento.

Anderson alega não ter participação no crime, mas afirmou que uma pessoa de dentro do presídio teria tentando lhe contratar, mas garante que não aceitou.

As vítimas não puderam reconhecer o suspeito porque permaneceram vendadas no cativeiro. A Polícia acredita que Anderson tenha sido uma das pessoas que ficou no cativeiro, cuidando das jovens.

Durante coletiva de imprensa nesta tarde, o delegado Cláudio Martins informou que as investigações preliminares apontam a participação de outras cinco pessoas no seqüestro, entre homens e mulheres. Martins acredita que o crime tenha sido encomendado por uma pessoa de dentro do presídio.

De acordo com as investigações, o foco da quadrilha era abordar qualquer pessoa que estivesse com caminhonete. “Eles estavam próximos a boate esperando para abordar uma vítima que tivesse caminhonete. Essa quadrilha é especializada em caminhonetes”, afirmou o delegado.

Ainda segundo Martins, dois fatores são chamariz para o veículo: ter alto valor de venda na fronteira e ser um veículo que não chama tanta atenção pelo fato de existir vários modelos no Estado. Informações preliminares apontam que os ladrões pretendiam levar a caminhonete para a fronteira.

O veículo foi abandonado pela quadrilha na região de saída para Anhanduí, após o veículo começar a falhar. De acordo com a polícia, os ladrões abasteceram a caminhonete com combustível errado, gasolina.

As investigações da polícia civil continuam com o objetivo de prender os outros integrantes da quadrilha. O delegado informou que já existem informações sobre a localização do cativeiro, mas que elas não seriam divulgadas para não atrapalhar nas investigações do caso.

Anderson foi preso no Jardim Futurista, horas depois do crime. Ele foi pego por volta das 9h30, quando entrava em casa. A PM fazia rondas no bairro e Anderson tentou fugir ao ver a viatrua, o que despertou suspeitas.

Sequestro - As jovens, de 17, 18 e 19 anos, estavam em uma festa de formatura à fantasia que acontecia na boate do bar Valentino, quando por volta das 2 horas decidiram ir embora e foram abordadas por três indivíduos armados.

Os ladrões obrigaram as vítimas a entrar na caminhonete S-10 pertencente à mãe de uma das vítimas. As garotas tinham levado a chave do carro da formanda, porque precisavam buscar objetos no veículo da amiga, que estranhou a demora das jovens e então, acionou a polícia.

As vítimas permaneceram no cativeiro por 2h e foram libertadas às margens de uma rodovia próxima ao Parque dos Poderes, amarradas e amordaçadas.

Em menos de 1 semana, polícia flagra dois homens se masturbando na rua
Homem de 38 anos foi flagrado pela Polícia Municipal se masturbando perto de mulheres e crianças, em ponto de ônibus, na noite de ontem (17), na Rua ...
Homem vai defender mulher de agressão e acaba esfaqueado no Itamaracá
Homem de 31 anos foi defender uma mulher e acabou esfaqueado pelo namorado dela. O caso aconteceu por volta das 3h30 de hoje (18), na Rua Vicente San...
Motocilcista sofre acidente, desmaia e tem a moto roubada em avenida
Depois de colidir em outra moto e ficar inconsciente, neste sábado (17) na Avenida Bandeiras em Campo Grande, um motociclista de 38 anos teve a sua m...


O Charles está certissimo!!! A corrupção esta tbm no simples fato de ser passivo a tudo que acontece, impressionante como esse funcionário público se doeu e colocou a culpa assim no estado. Você está desmotivado???? Sai dai que tem gente querendo entrar, e faça seu trabalho....
 
Vanuza Correia em 12/02/2011 12:15:48
Independente da qualidade em que se trabalha, os servidores públicos devem exercer suas funções com zelo e presteza, ninguém foi obrigado a prestar concurso público. Não mencionei quem é honesto ou não, não fiz críticas apenas ironizei o fato porque realmente é um absurdo pois nem encarcerado o indivíduo deixa de participar de facção criminosa e se o encarcerado possui dentro do presídio um aparelho celular com certeza é falha ou conivência de alguém aliás é fácil culpar o estado.
o difícil é separar o joio do trigo.
Parabéns a Policia Militar que quando entra no presídio apreende drogas, armas e celulares.
 
Charles Vargas em 11/02/2011 12:13:48
Meu amigo Charles Vargas, logo se vê que vc realmente não sabe o que acontece a sua volta, pra começar quem apreende drogas e celulares dentro de presídio não é a PM, são os agentes penitenciários que realizam a arriscada e dura tarefa de tentar conter um caldeirão de pólvora, onde se trabalha numa proporção de 200 presos pra cada agente, sendo ameaçados a sua integridade física, pois sabia que os agentes não trabalham armados e ainda assim, fazem cumprir o mínimo de disciplina num ambiente hostil e perigoso. Aquela guerra que vc ve nos morros do rio, dentro de presídio é rotineiro, os marginais não se rendem se não á força e como ter força dessa maneira. Drogas e celulares entram nos presídios dentro das vaginas de visitantes e com advogados corruptos, te garanto que o nível de corrupção dentro do quadro dos agentes é muito menor que na polícia ou qualquer outra classe, por isso mais respeito por quem doa a vida pra te manter em segurança!
 
Lucas Sampaio em 11/02/2011 11:20:38
Faz o seguinte charles Vargas, vira Tecnico Penitenciario como eu e vai ver a qualidade do ambiente em que trabalhamos. As ferramentas que o governo nos fornece, ou não fornece! Depois vc critica. Porque falar e facil, mas vem fazer pra ver como è. Entra no presidio do mesmo jeito que entra nas fronteiras, percorrem as BRs, etc. Então todos somos corruptos, policiais, tecnicos penitenciarios........So vc que e honesto.




 
AFONSO DARLES em 11/02/2011 09:18:23
estes bandidos continuam sendo sustentados por nós q pagamos impostos e bem cuidados la com seguranca ,,, enquanto nós aki fora ralando pagando impostos e sustentando estes vagabundo q fazem o que quer com direito a tudo até celular , comida banho sol e ainda protejido pelo direitos humanos,,,, com eles nada pódem acontecer, mas pai familia é assaltado humilhado , chega cade direitos nosso vamos agir justica neles, bandidos tem trabalhar ralar estar preso , nao estar la programando mais crime aki fora,,,
 
roseli cardoso em 11/02/2011 09:11:13
provavelmento quem esta dentro do presidio esta "bem vigiado" ne?
e essa quadrilinha n especializada em roubo nenhum de camionete,
porque nem conseguem diferenciar o barulho de um carro a disel para um a gasolina.
mas pelo menos conseguiram prender um,e vao conseguir pegar esses outros vagabundos que ficam atormentando a vida de pessoas de bem.
 
marcos roberto em 11/02/2011 08:58:14
Esse Charles, diz que a Polícia Militar faz revista em presídio, vai se informar melhor, antes de fazer comentários ignorantes. Quem faz a revista são os Técnicos Penitenciários, a Polícia faz a presença para um eventual problema que possa surgir durante a revista, enfim agora vc está informado,ok!
 
Laura Tatiane em 11/02/2011 08:41:19
Bem se vê, que esse Charles não sabe o que fala.
é um sem noção do que é um presídio com capacidade para 500 presos, e abriga 1.700
com uma equipe de 13 Agentes para vigiar, ou monitorar,será que vc Charles seria um Super men??? Para trabalhar em condições precárias e com toda essa eficiência que vc diz que deveria ter???
Voce não sabe de nada, então não faça comentários tão indecentes...
 
ana maria oliveira em 11/02/2011 08:36:53
Se a ordem veio de dentro do presídio é porque o presidiário tem telefone celular dentro das celas, agora vou fazer perguntas que não calam; será que esses telefones celulares brotam das paredes? ou existe a conivência de alguém para que possam entrar dentro do presídio. Porque será que quando a PM entra dentro do presídio fazem apreensão de celulares, carregadores, armas, drogas etc...
 
Charles Vargas em 11/02/2011 07:43:17
bandido tem q. trabalhar é manter seu próprio sustento e de sua família q. nadatenha haver c/isso. vamos dar trabalho p/o bandido, nada de moleza!
 
maria inacia da rocha em 11/02/2011 01:38:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions