A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

10/09/2016 12:37

Tapa-buracos congestiona 1 km da Zahran, mas agrada motoristas

Luana Rodrigues
Serviço complicou trânsito na Avenida Zahran. (Foto: Fernando Antunes)Serviço complicou trânsito na Avenida Zahran. (Foto: Fernando Antunes)
Obra em trecho da Zahran na manhã deste sábado. (Foto: Lucimar Couto)Obra em trecho da Zahran na manhã deste sábado. (Foto: Lucimar Couto)

A fila de carros de aproximadamente um quilômetro no sentido bairro-Centro da Avenida Eduardo Elias Zahran neste sábado (10), parece não ter incomodado a maioria dos motoristas que passava pelo trecho perto da hora do almoço. É que o motivo para a lentidão no trânsito era uma operação de tapa-buracos, realizada entre a Avenida Três Barras e a Rua Cayová.

“Fica complicado, mas o jeito é esperar, porque da forma como a cidade está, tapa-buracos é bem vindo a qualquer hora”, disse o militar Amarildo Bandeira, 53 anos, que passava de carro pelo local.

Um agente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) orientava os motoristas no cruzamento da Zahran com a Avenida Três Barras. Mesmo assim, a fila de carros só aumentava perto de meio-dia e o trânsito ficou bastante complicado, porque uma pista no sentido bairro-centro estava interditada para o serviço.

A lentidão no trânsito incomodou o mecânico Pedro Albino Teixeira, 43 anos, que reclamou da demora para chegar a casa da sogra, mas se mostrou satisfeito com o serviço. “Vou me atrasar uns 15 minutos pra chegar lá, mas esse é o tipo de mal necessário, porque com certeza é melhor levar uma bronca do que ter prejuízo com um pneu furado por causa de um buraco amanhã”, brincou.

Morador da avenida, o comerciante Henrique Barbosa, 35 anos, observava a confusão e o serviço: “Fica uma bagunça na frente de casa, mas nós estávamos precisando desse serviço. Eu mesmo caía em pelo menos um buraco todo dia”, afirma.

De acordo com o encarregado pela operação, que pediu para não ser identificado, o serviço no local começou por volta das 7h e deve seguir pela tarde, até que chegue na rotatória da Avenida Zahran com a Rua Joaquim Murtinho. Cerca de 30 funcionários trabalham na operação, que conta com três caminhões com lama asfáltica e uma máquina compactadora. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions