A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019

28/03/2019 17:10

Técnico filmava crianças de calcinha na rua e nas casas que trabalhava

A operação em Campo Grande resultou na prisão do suspeito, de 34 anos e também na de homem de 32. Outras duas pessoas foram presas no Estado.

Geisy Garnes
Técnico de Informática de 34 anos foi preso no Cabreúva. (Foto: Henrique Kawaminami)Técnico de Informática de 34 anos foi preso no Cabreúva. (Foto: Henrique Kawaminami)

O técnico de informática de 34 anos, preso na manhã desta quinta-feira (28) durante a operação Luz da Infância no bairro Cabreúva, filmava crianças nas casas em que trabalhava e também na rua em que morava. Segundo a polícia, nos vídeos ele aproximava as imagens e focava nas partes íntimas das vítimas.

De acordo com a delegada Marília de Brito, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), entre os matérias apreendidos com o técnico de informática os investigadores encontraram vídeos feitos por ele em casas que trabalhava na manutenção de computadores e também na rua do bairro que morava.

As imagens, conforme a delegada, mostra situações do cotidiano, como crianças brincando só de calcinha na rua, ou meninas com o vestido erguido enquanto estavam sentadas no sofá. “Ele dava zoom nas partes íntimas das crianças, dando uma conotação sexual as imagens”, detalhou.

Além disso, foram encontradas com o suspeito cerca de 300 gigas de imagens de pornografia infantil, que também eram compartilhadas por ele.

A operação também resultou na prisão de outro técnico de informática, esse de 32 anos, durante cumprimento de mandados de prisão na Vila Nasser. Com ele foram encontrados mais de 1 terabyte de material pornográfico. Durante as ações, a polícia também descobriu que ele estuprava a sobrinha quando criança.

Ao ver a ação policial, a vítima contou que além de ser abusada pelo pai, foi estuprada pelo tio – alvo da operação. Segundo a delegada, na época o técnico chegou a levar a sobrinha na delegacia para denunciar o irmão. ''Mas ele disse que a criança tinha que contar apenas sobre o pai", revelou. Um terceiro suspeito também foi levado para a delegacia, para averiguação.

Interior – A Luz da Infância ainda prendeu dois homens, um serralheiro de 35 anos e um auxiliar de serviços gerais de 53, em Dourados – a 233 quilômetros de Campo Grande. Ainda conforme a delegada, um deles além de ser flagrado com imagens de pornografia infantil retiradas de internet, produziu um vídeo com a própria neta e outra menina.

Com dos suspeitos foi apreendido um notebook, uma CPU, pendrives, cartões de memória, uma câmera fotográfica e quatro celulares. Em Três Lagoas um mandado de busca e apreensão foi cumprido, materiais criminosos foram encontrados, mas o alvo não foi localizado.

A operação Luz da Infância está em sua quarta fase e foi realizada nesta manhã em 26 estados e no Distrito Federal, com objetivo de combater à pornografia infantil. Em todo o Brasil, mais de 100 suspeitos foram presos durante as ações coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions